Bicicleta ganha espaço em Blumenau


A reportagem abaixo foi originalmente publicada no Jornal de Santa Catarina, na edição de 20 de agosto de 2009. Você pode ver a matéria no site do periódico aqui e aqui.

Jornal de Santa Catarina - logo

INFRAESTRUTURA URBANA

Sinal verde para as bicicletas

Poder público prevê ampliar malha cicloviária no Centro de Blumenau até dia 22 de Setembro.

BLUMENAU – Os adeptos do Dia Mundial Sem Carro, em 22 de setembro, terão um motivo a mais para deixar os veículos em casa em comemoração à data. Até lá, Secretaria de Planejamento Urbano e Secretaria de Serviços Urbanos pretendem expandir a malha cicloviária na região central da cidade. Na prática, o ciclista poderá sair da Rua Almirante Barroso, no Bairro Itoupava Seca, e chegar até a Alameda Rio Branco, no Centro, em vias exclusivas para bicicletas.

O circuito inclui ruas ainda carentes de ciclovias, como a Alberto Stein e a 7 de Setembro. Na Rua 7 de Setembro, parte da faixa restrita ao ciclista será implantada sobre a calçada, com a divisão do espaço hoje destinado unicamente aos pedestres.

– A proposta é ter um circuito fechado na área Central até o próximo mês, até para que o Dia Mundial Sem Carro tenha uma abrangência maior. Mas estamos tomando algumas decisões ainda, correndo contra o tempo – afirma a diretora de Planejamento Viário, Rita de Cássia Bruel Antonio.

Segundo o diretor de Serviços Urbanos, Valdecir Dutra, alguns trechos das ruas 7 de Setembro e Theodoro Holtrup precisarão ser recuperados para viabilizar a circulação das bicicletas. Na Rua Almirante Barroso, o ponto de ônibus próximo ao Hospital do Pulmão pode ser suprimido.

Ciclistas ganham espaço na Rua Paulo Zimmermann

A Rua Paulo Zimmermann, no Centro, foi a última a receber área exclusiva para ciclistas em Blumenau. A faixa, implantada no final de semana, foi toda pintada em vermelho – as demais recebem pintura apenas para delimitar o espaço. A intenção, segundo Dutra, foi destacar a área e chamar a atenção do motorista. Apesar de ser mais estreita que as outras, a ciclofaixa da Paulo Zimmermann é considerada segura pela Associação Blumenau Pró-Ciclovias (ABC Ciclovias).

– As ciclofaixas são muito seguras, desde que os motoristas as respeitem. Devido à condição do trânsito de Blumenau, preferíamos que fossem ciclovias, com muretas, mas não há espaço para isso em muitas ruas – opina o presidente da ABC Ciclovias, Wilberto Boos.

JSC 2009-08-20 - Ampliação das ciclovias em Blumenau

(veja em .pdf)

Para associação, demanda reprimida de ciclista é grande

A discussão sobre a implantação de ciclovias em Blumenau ganhou as páginas do Santa nas últimas semanas na Seção de Cartas. Em julho, o assunto foi o segundo mais comentado, com 19 cartas e artigos publicados. As opiniões se dividem: uns acreditam que não há ciclistas porque não há estrutura e outros porque não há demanda para as ciclovias.

A Associação Blumenauense Pró-Ciclovias (ABC Ciclovias) defende que há demanda para a expansão de espaços para ciclistas. Uma pesquisa feita ano passado na Escola Barão do Rio Branco é apontada como exemplo da necessidade das ciclovias. Segundo a associação, dos 600 estudantes consultados, 16 vão à escola de bicicleta e 290 gostariam de fazer o mesmo, se houvesse mais segurança nas ruas.

– A demanda reprimida de ciclistas é grande, mas como vamos querer que as pessoas andem de bicicleta se as ciclovias não estão interligadas? Se tivéssemos ruas com muitos buracos ou que não levassem a lugar nenhum, as pessoas também não andariam de carro. As pessoas que criticam a implantação das ciclovias tem uma visão míope, parcial, do que é a estrutura de uma cidade – argumenta o presidente da ABC Ciclovias, Wilberto Boos.

Por Rafael Waltrick

Saiba mais:

Bicicleta vence Desafio Intermodal em Blumenau – Num teste comparando bicicleta, automóvel e transporte público, o ciclista deu-se melhor em trecho de 3,5km pelas ruas de Blumenau.
Blumenau implanta mais ciclovias – reportagem do Jornal de Santa Catarina mostra as novas obras cicloviárias de Blumenau.
Antes que o mundo pare – artigo de Fabrício Cardoso fala do excesso de automóveis em Blumenau e estimula o debate sobre as novas ciclofaixas da cidade.
A polêmica sobre as ciclofaixas de Blumenau – artigo de Willian Cruz mostra sua opinião e relaciona os fatos que acontecem em Blumenau com o passado de San Francisco, EUA.
Blumenau: resposta do presidente da UCB – carta de Antonio Carlos de Mattos Miranda, presidente da União de Ciclistas do Brasil, sobre a polêmica acerca das ciclofaixas em Blumenau.
Cartas-resposta em favor das ciclofaixas em Blumenau – respostas de cicloativistas e sociedade civil a colunista que ironizou as novas ciclofaixas na cidade.
Comerciantes criticam áreas para ciclistas – reportagem no Jornal de Santa Catarina faz o contraponto com as queixas dos comerciantes.
Motoristas, ciclistas e outros cidadãos – artigo de Christian Krambeck fala sobre planejamento urbano, cidadania e qualidade de vida.

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

2 Responses to Bicicleta ganha espaço em Blumenau

  1. jonah disse:

    link do video da ultima bicicletada curitiba
    obrigado.
    jonah
    rasputines.com

  2. Pingback: (VI) Especial Floribike – Conheça as concorrentes – Serttel | Bicicleta na Rua

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: