Massa Crítica no Jornal Vitória


A matéria abaixo foi originalmente publicada no Jornal Vitória, de Tangará (SC), em 25 de agosto de 2009. Você pode ver a matéria em .jpg aqui. Dica obtida no blogue da Bicicletada Floripa.

Uma “Coincidência Organizada”

Assim se formam as Massas Críticas, ou como são conhecidas no Brasil e em Portugal as Bicicletadas, através de uma coincidência organizada.

Este movimento social não possui qualquer líder ou hierarquia e acontece mensalmente em mais de 3 centenas de cidades pelo mundo. No Brasil este evento já acontece em mais de 50 cidades. Em Santa Catarina, a primeira aconteceu em Florianópolis, no ano de 2002, seguidas de outras cidades, como Joinville e Blumenau.

O movimento se forma quando pessoas se reúnem em data e local pré-determinado, geralmente ao final de cada mês, acompanhados de seus veículos de propulsão humana (vale bicicleta, skate, patinete ou patins), sua opinião crítica e a sua vontade de promover a bicicleta e seus benefícios para a qualidade de vida. O ritmo da pedalada é lento, pois respeitam-se todos os participantes, independentemente de sua capacidade física.

Não possui estatuto ou líderes, é um movimento de origem e estrutura anarquista, portanto cada edição do movimento pode ter características diferentes, dependendo de seus participantes. Para citar os objetivos mais relevantes, estão a retomada do espaço público das vias urbanas (planejadas quase exclusivamente para o trânsito motorizado), o benefício do uso da bicicleta para a melhoria da qualidade de vida, a conscientização dos motoristas e o caráter ambientalmente sustentável deste meio de transporte.

Direta ou indiretamente, o uso da bicicleta como meio de transporte combate o sedentarismo, o consumismo e, porque não citar, o egoísmo. Além dos “ismos”, espanta depressão, sensação de vazio, preguiça, estresse e outros males do estilo de vida que a dinâmica da cidade impõe. Faz conhecer pessoas e observar de maneira diferente lugares, paisagens e seu próprio corpo. Fomenta a convivência pacífica nas ruas e compartilhamento deste espaço com os motorizados. Representa economia, sentida no final do mês, e uma divertida experiência, para todos os dias.

Entretanto, a adoção da bicicleta nos centros urbanos mais efervescentes é fomentada pelos congestionamentos e pela perda de tempo que eles geram. Em um olhar superficial, elas não parecem fazer parte deste cenário, deslocadas do ritmo, do visual “moderno” que as grandes cidades ostentam.

Oras, sabemos que nas pequenas cidades deste país a bicicleta sempre foi a grande preferida dos deslocamentos urbanos. Mas uma imagem preconceituosa ainda paira sobre ela. Ainda hoje, observa-se que a imagem da bicicleta em nosso país é fortemente associada à pobreza, ao brinquedo infantil ou rebeldia adolescente, aos praticamentes de esportes ou a malucos desajustados. Essa imagem, obviamente, é formada por aqueles que não utilizam a bicicleta ou a sola do sapato para realizar seus deslocamentos cotidianos.

Mas, afinal, para isso que estão aí as Bicicletadas, para promover a cultura da bicicleta. Aliás, aproxima-se uma importante data no calendário das Massas Críticas. É o “Dia Mundial Sem Carros”. Comemorado no dia 22 de Setembro, dia para motoristas sentirem-se incentivados a deixar o carro em casa e procurar outro modo de locomoção,

Lentamente, o mundo está mudando. Atitudes, ritmo e vontades. Coloque SUA energia para funcionar. Deixe o elevador onde está e suba os degraus. Dedique menos tempo diante da televisão e computador. Deixe o carro na garagem. Simplifique sua vida. Caminhe ou VÁ DE BICICLETA!

Jornal Vitória 2009-08-25 p.6 fig.1

Por Ana Carolina Vivian*

* Ana Carolina Vivian, formada em Moda pela Udesc e ciclista urbana há mais de 2 anos, defendeu Trabalho de Conclusão sobre Adequação do Vestuário para o Ciclismo Urbano, para o qual estudou o movimento social “Bicicletada Floripa”.

Anúncios

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: