Com recorde de participantes, Massa Crítica leva mais de mil ciclistas às ruas de Porto Alegre


Passava das 19h. Um mar de ciclistas tomou conta do Largo Zumbi dos Palmares. Quem passava de carro por lá não pôde deixar de notar a aglomeração, que a cada minuto que passava se tornava ainda maior. Alguns poucos fantasiados, vários com uma placa vermelha na bicicleta com os dizeres “Bicicletas! Use em caso de mudanças climáticas”, pessoas de todas as idades e bicicletas estavam lá para a maior manifestação do cicloativismo portoalegrense até o presente momento.

A Massa Crítica POA, como a Bicicletada (Critical Mass) é chamada na cidade, mobilizou a população da cidade. Mesmo contando com pessoas de outros países, como Venezuela, Países Baixos e Estados Unidos, e de dezenas de cidades do Brasil, a população porto-alegrense constituía a maioria dos participantes da pedalada que agitou a capital gaúcha na noite desta sexta-feira, 24 de fevereiro.

Apenas na saída, 883 pessoas, tanto de bicicleta quanto de skate e patins, foram contadas, número que superou os 1200 na metade do percurso, quando mais pessoas foram aderindo. A cada quarteirão, novas bicicletas juntavam-se ao grupo.

Na Rua José do Patrocínio, onde 17 ciclistas foram atropelados por um motorista há quase 1 ano, um flash mob: os ciclistas deitaram no asfalto, ocupando alguns quarteirões numa homenagem aos colegas.

Eram favoráveis aos ciclistas as manifestações da ampla maioria dos pedestres, nas calçadas e janelas dos apartamentos, e dos motoristas, bloqueados por fiscais de trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), que, em bicicletas, forneceram suporte e proteção aos participantes durante a pedalada.

Foi essa a condição que a cicloturista Hilde de Leeuw, dos Países Baixos, encontrou em sua primeira Massa Crítica. Natural de um país dotado da cultura da bicicleta, nunca antes pôde-se ver em uma manifestação tão grandiosa. Já americano Chris Carlsson, um dos idealizados da Critical Mass, que distribuiu as plaquinhas citadas acima, já teve outras oportunidades de ver tanta gente pedalando por uma causa em San Francisco, na Califórnia. O diretor da ONG CicloCidade, Thiago Bennichio, acostumado a algumas das maiores Bicicletadas do Brasil, também só chegou a ver situação semelhante em San Francisco e em São Paulo (SP).

Cruzando túneis, elevados e avenidas, os ciclistas seguiram em direção à Av. Voluntários da Pátria, no Floresta, onde o menino Gustavo Luiz da Silva Rosa, de apenas seis anos, morreu atropelado no último 07 de fevereiro. No local, uma bicicleta-fantasma (ghost bike) permanece instalada. A mãe de Gustavo, vendo a multidão de rodas a girar em compasso à sua frente falou, emocionada: “Que bom que vocês se lembraram da gente!”.

No final, os ciclistas voltaram para a Redenção (Parque Farroupilha), onde Chris Carlsson falou sobre sustentabilidade e mudanças de paradigmas, abordado em seu novo livro: “Nowtopia“.

Depois de tamanha repercussão entre a sociedade civil, como ficou evidente neste Fórum Mundial da Bicicleta, os cidadãos de Porto Alegre anseiam, urgentemente, melhores condições para utilizarem a bicicleta na cidade.

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

3 Responses to Com recorde de participantes, Massa Crítica leva mais de mil ciclistas às ruas de Porto Alegre

  1. Muito bom, valeu o post, para quem não teve esta oportunidade a leitura é uma forma de pelo menos ïmaginar”……
    E vamos pedalando……

  2. airesbecker disse:

    Avaliação da Empresa de Transito de Porto Alegre.
    Cerca de 2.000 participantes.
    Contagem mais exata obtida por organizadores 1.780 participantes confirmados.

  3. Pingback: Protesto contra a diminuição do preço da vida humana | Bicicleta na Rua

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: