Trabalhadores em Bicicletada

Vai acontecer nesta sexta-feira, 27 de abril, com concentração na pista de skate da Trindade a partir das 18h e saída em torno das 20h, mais uma edição da Bicicletada de Florianópolis!

Confirme sua presença no Facebook!

A Bicicletada ocorrerá em percurso decidido na hora pelos participantes e a pedalada será em ritmo leve, propício para a família. E mais uma vez ela será temática, antecipando o Dia do Trabalhador, mostrando que ciclista também contribui – e muito! – para a economia!

Arte: Tina Merz

Novos e velhos problemas

O mês de abril veio e trouxe com ele tristes novidades para os ciclistas da cidade. Se o recapeamento da Rua Frei Caneca foi verificado na última edição da Bicicletada, a ciclofaixa que existia por ali sumiu e está para ser feita com dimensões ainda menores!

Enquanto o Projeto Rotas Inteligentes, em sua Rota 43, prevê a ciclofaixa com 1,80m e, seguindo lei municipal, pintada na cor vermelha, deixando ainda pista para circulação de ônibus à direita com 3,10m de largura, o que está para sair está invertendo a largura da pista para ônibus com a de automóveis, além de diminuir a ciclofaixa e não pintá-la de vermelho.

De modo semelhante, a ciclofaixa da Cachoeira do Bom Jesus não foi refeita após mais de 6 meses do recapeamento da Av. Luiz Boiteux Piazza, que se seguiu à implantação do esgotamento sanitário.

Outros dois fatos marcaram um abril de reclamações ciclísticas: a ausência de bicicletário no Centro Administrativo estadual, no bairro Saco Grande, e a piora considerável na capa asfáltica da ciclofaixa da Fazenda do Rio Tavares, que foi inaugurada há dois anos e ainda hoje apresenta postes no caminho dos ciclistas.

Buraco na ciclofaixa da Fazenda do Rio Tavares, próximo ao terminal de ônibus TIRIO. Foto: Thaís Suzana Schadech.

Pedala Parkinson e reunião sobre SC-405

Os próximos dias serão marcados por atividades para os mais diversos tipos de ciclistas de Florianópolis. Haverá desde treinos até pedaladas mais leves, passando também por assuntos que interessam aos preocupados com a mobilidade urbana.

Audax Floripa

Neste domingo, às 7h, saindo da Della Bikes, na Trindade, acontecerá o segundo treino oficial para quem pretende concluir o Audax Floripa 200km ou o Desafio de 100km. O percurso do Desafio (e também parte do trecho principal) será feito em nível intermediário, num total de 80km.

Pedala Parkinson 2012

Devido à chuva, o Pedala Parkinson foi transferido para este domingo, saindo às 15h do trapiche da Av. Beira-Mar Norte. A concentração inicia às 14h30. A pedalada foi programada para acontecer no último Dia Internacional da Doença de Parkinson (11/04), como forma de mostrar que quem sofre dessa moléstia pode permanecer inserido na sociedade.

SC-405

Segunda-feira será marcada por reunião entre a Comissão Pró-Segurança da SC-405, no Rio Tavares, e o  secretário de Estado de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, às 17h30. A reunião vai, mais uma vez, tratar das obras complementares à ampliação da pista. Os moradores dos bairros, Rio Tavares, Campeche, Fazenda do Rio Tavares e Cachoeira do Rio Tavares permanecem descontentes com a lentidão de algumas das reivindicações apresentadas em janeiro deste ano.

Bicicletada na Lagoa da Conceição comemorará ciclovia na região

A Lagoa da Conceição terá, neste sábado, com concentração a partir das 14h30, na Praça Bento Silvério, mais uma Bicicletada em sua região. Desta vez, os motivos são festivos! Em 21 de março, às vésperas do aniversário de Florianópolis, o prefeito municipal assinou autorização para a licitação da revitalização da R. Ver. Osni Ortiga, que contará com calçadas, ciclovia, iluminação, deques e mobiliário urbano, tornando-se um espaço público aprazível e seguro para os moradores da localidade do Porto da Lagoa.

A ciclovia na Lagoa da Conceição, na R. Ver. Osni Ortiga, é uma reivindicação de cerca de 15 anos, mas ganhou força a partir de debate realizado em 12 de março de 2009, que deu origem às Bicicletadas da Lagoa e ao Movimento Ciclovia na Lagoa Já.

Em 13 de junho daquele mesmo ano, houve a primeira audiência pública, contando com quase a totalidade dos vereadores da Câmara Municipal, que se manifestaram unânimes em prol de ciclovia no local. Uma das reivindicações urgentes dos moradores foi a colocação de redutores de velocidade, possibilitando maior segurança dos ciclistas enquanto a ciclovia não ficasse pronta. Nenhum redutor foi instalado e a colocação de tachões prejudicou ainda mais a vida de quem pedalava pela região. Felizmente, nenhum ciclista faleceu nesse período, mas logo de cara os tachões se mostraram ruins ao tráfego de bicicleta e acidentes foram registrados no trecho.

Após reiteradas e contínuas manifestações da sociedade civil, indignadas com a demora para a entrega do simples Relatório Ambiental Preliminar (RAP) pela Secretaria Municipal de Obras, a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA) assinou em 5 de março de 2012 a Licença Ambiental Prévia (LAP) para a revitalização da R. Ver. Osni Ortiga, após garantia de verbas da União, via Ministério das Cidades, em dezembro de 2011.

Memória

A luta pela ciclovia na Lagoa já é antiga. Em 2002, conforme o cartaz abaixo, já era possível notar os mesmos anseios de hoje.

Atividades

A saída da Bicicletada será a partir das 15h. Em caso de chuva, ela permanece confirmada. Terá ritmo leve, com cerca de 10km e 1h de duração, perfeito para se levar a família.

Atividades artísticas, como a pintura de famoso muro da R. Ver. Osni Ortiga por um novo coletivo de artistas está prevista para acontecer às 16h.

Confirme sua presença no Facebook!

Pedala Parkinson 2012

A reportagem abaixo foi originalmente publicada na edição on line do periódico Diário Catarinense em 05 de abril de 2012 (às 15h06). Você pode vê-la no site do DC aqui.

Manifestação na Capital

Pedalada vai marcar Dia Internacional da Doença de Parkinson em Florianópolis

A proposta é estimular o portador da doença de Parkinson a sair na rua e continuar inserido na sociedade. Foto: Guto Kuerten / Agencia RBS.

Evento no dia 11 de abril terá bicicletas especiais para pessoas com maior dificuldade

Com o objetivo de congregar portadores da doença, familiares, cuidadores, profissionais da saúde e amantes do ciclismo, será realizado na próxima quarta-feira, 11 de abril, o Segundo Pedala Parkinson. A atividade que marca o Dia Internacional da Doença de Parkinson sairá da frente da Reitoria da UFSC às 15h, com concentração a partir das 14h30min.

De acordo com os organizadores, o evento contará com bicicletas especiais para pessoas com maior dificuldade. Da UFSC os participantes seguirão até o início da Avenida Beira-Mar Norte e o Koxixos, retornando ao ponto de partida, em um trajeto de aproximadamente 10 quilômetros.

— A proposta é estimular o portador da doença de Parkinson a sair na rua e perceber que ele pode continuar inserido na sociedade — explica a professora do Departamento de Enfermagem da UFSC Ângela Maria Alvarez, líder do Grupo de Estudos sobre Cuidado de Saúde de Pessoas Idosas.

O Segundo Pedala Parkinson foi organizado pela Associação Parkinson Santa Catarina, em parceria com a UFSC e Prefeitura de Florianópolis, entre outras entidades. O mal de Parkinson é uma doença degenerativa do sistema nervoso central em que ocorre perda de um neurotransmissor chamado dopamina. A falta de dopamina resulta em uma série de sintomas motores, como tremor, rigidez muscular e lentidão de movimentos.

Para mais informações, o telefone da Associação Parkinson Santa Catarina – APASC é (48) 3721-6651 e (48) 3721-9445.

Veja fotos do primeiro Pedala Parkinson aqui e aqui.

Notícias relacionadas:

Charge – Passeio a dois!?

Um pedal pró-saúde!

%d blogueiros gostam disto: