Novembro, quatro anos depois


Há exatos quatro anos, este site teve início, após alguns poucos meses de incubação. Na noite do dia 2 de novembro de 2008, foi finalmente criado o Bicicleta na Rua na plataforma do WordPress.com. Foram definidos os temas, layouts e cores que até hoje permanecem. Três dias depois, a primeira postagem, Bom dia, Novembro!, chamava atenção para a movimentação dos ciclistas logo após as eleições, com a realização da Bicicletada Floripa de outubro, a assembleia geral da ViaCiclo (Associação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis) e a importância do Plano Diretor para os ciclistas, numa palestra de uma arquiteta do IPUF (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis).

Hoje, a situação é praticamente a mesma. A despeito da garoa, dezenas de pessoas pedalaram fantasiadas na Bicicletada Floripa de outubro, o décimo da Massa Crítica catarinense. A ViaCiclo terá na próxima semana a sua assembleia geral. O Plano Diretor Participativo foi engavetado e esquecido, para o delírio do lado negro da construção civil.

Muita coisa mudou, entretanto. O congestionamento, por exemplo. Numa cidade com poucas vias monitoradas, ao menos 50km de filas, no Centro, Norte, Sul e Continente foram registradas. Simplesmente ignorou-se a licitação do transporte coletivo em Florianópolis.

As ciclovias concluídas desde então apresentam falhas, no mínimo, grosseiras. Também dera: pouquíssimos foram os técnicos da Prefeitura, do Governo do Estado (pelo DETRAN) ou da União (via DNIT), que participaram de oficinas técnicas com palestrantes internacionalmente reconhecidos nos últimos anos. O resultado isso o ciclista percebe nas ruas de Florianópolis.

Florianópolis! No começo a ideia era não focar em nenhuma cidade específica do Brasil. Também era o caso: o cicloativismo estava dando seus primeiros passos na política pública e nos meios de comunicação. A rede geral de blogues e sites especializados em mobilidade urbana não era tão extensa. Na época, o Bicicleta na Rua veio a ocupar um nicho que não havia em Santa Catarina.

Entretanto, a bicicleta simplesmente explodiu em popularidade e respeito, não apenas em Florianópolis, mas em todo o Brasil. Com isso, foi difícil dar conta das demandas e de escrevê-las, de relatá-las. Vários projetos na cidade relacionados à mobilidade por bicicleta tiveram participação da editoria deste site. Desde bicicletários, à ciclovia, passando por aluguel de bicicletas, passeios ciclísticos, panfletos para educação no trânsito, atualização legal, cobertura e organização de manifestações, auxílio em reportagens, entrevistas, pesquisas acadêmicas… virtualmente tudo o que envolve bicicleta na capital catarinense acabou com auxílio do Bicicleta na Rua. Podemos dizer, sem medo de errar, que fizemos pela bicicleta muito mais do que a própria prefeitura. E isso é, de muitas formas, entristecedor.

Há luz no fim do túnel, entretanto. Ambos os candidatos a prefeito que disputaram o segundo turno assinaram um “Termo de Compromisso com os Ciclistas” contendo propostas viáveis de acordo com o plano de governo de cada um. Se o candidato eleito cumprir com a sua promessa, algo que o antecessor não fez, podemos até, daqui mais quatro anos, não termos as melhores condições do país para se pedalar, mas estaremos, com certeza, muito próximos a isso.

Anúncios

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

2 Responses to Novembro, quatro anos depois

  1. Peters says:

    Parabéns, Fabiano!

  2. Fernando says:

    Primeiramente, parabéns pelos quatro anos de luta incansável pela busca de melhores condições de utilização da Bicicleta, em especial na cidade de Florianópolis. Acreditar que o candidato eleito cumpra o que foi acordado, que seja 50%, será mais uma vitória do Bicicleta na Rua. Continue lutando e conte sempre com nosso apoio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: