(Mobilidade nas Cidades) “As pessoas devem usar o transporte público pelos seus benefícios”


bicicleta_na_rua3-joel pacheco

O transporte coletivo também foi tema de debates durante o 3º Fórum Internacional sobre Mobilidade Urbana, realizado nos dias 3 e 4 de abril em Florianópolis.

Laurindo Junqueira, ao lançar a pergunta “Qual a cidade que queremos?”, mostrou diversas formas de se utilizar o território urbano, dependendo do modelo de urbe que se deseja ter. Queremos uma cidade de passagem, em que altos fluxos de velocidade dividem a cidade ao meio, permitindo o escoamento de mercadorias, ou queremos uma cidade-estar, em que as relações ocorrem dentro do espaço urbano, com Zonas 30 e locais de baixa velocidade?

Para a primeira opção, rodovias agressivas teriam que conviver com corredores de ônibus ou outro sistema de transporte coletivo. Para a segunda, o transporte coletivo de maior velocidade ocorreria nos entornos dos espaços de convivência, com integração importante com o transporte cicloviário.

Elencando os prós e contras de cada modelo, tendo como base o passado e o presente do município de São Paulo, Junqueira disse que o custo de um sistema de transporte coletivo que opere a 10km/h é o dobro de um cuja velocidade média seja de 30km/h, sendo importante a implantação de um corredor exclusivo para melhorar a eficácia financeira do transporte. Entretanto, outros fatores devem ser considerados para se tomar a melhor decisão técnica. Um dos motivos é que, com o aumento da velocidade dos ônibus nos corredores, sobe também o número de acidentes, em especial com ciclistas e pedestres.

Além disso, a implantação de corredores de ônibus cobre a demanda por um período de 10 a 15 anos, em média. Em São Paulo, os últimos corredores duraram apenas 4 anos até a lotação. Já o metrô supre a demanda por até 50 anos, segundo Junqueira.

Laurindo Junqueira questiona qual o tipo de cidades em que nós queremos viver. Foto: Fabiano Faga Pacheco.

Laurindo Junqueira questiona qual o tipo de cidades em que nós queremos viver. Foto: Fabiano Faga Pacheco.

Estudando a ampliação do metrô de Beijing às vésperas dos Jogos Olímpicos de 2008, a urbanista Yumi Yamawaki, da seccional paranaense da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA-PR), esclarece que deve-se prestar mais atenção com as estações onde há maior embarque e desembarque de pessoas, que nem sempre são aquelas onde há maior fluxo de pessoas, que geralmente são as estações de passagem ou de baldeação. São nas estações de embarque e desembarque onde deve haver melhores formas de integração com outros modais de transporte.

Já Ricardo Fonseca, da AsBEA-SC, cita Gustavo Restrepo para resumir:

– Muito se fala em números, mas pouco em cidadãos. As pessoas devem usar o transporte público pelos seus benefícios, e não pela falta de opção ou por necessidade.

Saiba mais:

(Mobilidade nas Cidades) O foco da mobilidade não é a fluidez

(Mobilidade nas Cidades) “Precisamos parar de falar e começar a agir”, diz Gil Peñalosa

(Mobilidade nas Cidades) Vídeos sobre o Fórum Internacional

(Mobilidade nas Cidades) Abertura do terceiro Fórum Internacional sobre Mobilidade Urbana

Começa amanhã o 3º Fórum Internacional sobre Mobilidade Urbana

Anúncios

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

6 Responses to (Mobilidade nas Cidades) “As pessoas devem usar o transporte público pelos seus benefícios”

  1. Pingback: (Mobilidade nas Cidades) Íntegra da palestra de Gil Peñalosa | Bicicleta na Rua

  2. Pingback: (Mobilidade nas Cidades) Caminhar e pedalar salvam vidas | Bicicleta na Rua

  3. Pingback: Ônibus & ciclistas: bom exemplo e mau exemplo | Bicicleta na Rua

  4. Pingback: (Vídeo) Motoristas fazem treinamento para melhorar convivência com ciclistas | Bicicleta na Rua

  5. Pingback: Relação carro-ônibus-bicicleta | Bicicleta na Rua

  6. Pingback: Entrevista com Carme Miralles-Guasch | Bicicleta na Rua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: