Corpo de universitária morta em acidente em Florianópolis será sepultado no RS


A notícia foi publicada no Diário Catarinense, em 02 de julho de 2013, às 11h28.

Lylyan Karlinski Gomes estava no primeiro semestre do curso de Oceanografia. Foto: Facebook / Reprodução.

Lylyan Karlinski Gomes estava no primeiro semestre do curso de Oceanografia. Foto: Facebook / Reprodução.

Lylyan Karlinski Gomes, de 20 anos, ia para aula de bicicleta quando sofreu o acidente

O corpo da universitária Lylyan Karlinski Gomes, de 20 anos, será sepultado a partir das 16h desta terça-feira no cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre. A estudante de Oceanografia morreu em acidente na manhã de ontem em Florianópolis.

A jovem estava de bicicleta. O acidente ainda não esclarecido ocorreu na rótula da Praça Santos Dumont, no acesso principal da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), quase em frente à Igrejinha.

Faltavam poucas pedaladas para Lylyan chegar à aula do curso de Oceanografia na universidade quando ocorreu o acidente com o veículo da empresa Insular, por volta das 8h20min. A estudante chegou a ser atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Universitário, onde houve tentativas de reanimação. Ela, porém, não resistiu ao politraumatismo.

No local da queda não há ciclovia nem ciclofaixa e uma testemunha que estava no ônibus afirmou ter escutado uma batida na lateral direita do veículo e, em seguida, percebeu o cobrador gritar para o motorista parar o veículo.

Natural de Porto Alegre, Lylyan estava vivendo em Florianópolis desde março, após conseguir ingressar na universidade pública, um sonho que prometera à mãe realizar. Ela morava próximo ao campus, numa casa com outras estudantes universitárias.

Muito conhecida pela constante alegria e sorriso no rosto, na rede social a estudante reforçava suas paixões por mar, praia e por andar de bicicleta. À mãe, a pedagoga Maria de Lourdes, Lylyan contava como estava gostando de Florianópolis, “uma cidade onde as bicicletas são respeitadas”, dizia ela.

Aos pais, Lylyan narrava seus sonhos de viver no Exterior, provavelmente na Austrália, ao final do curso da UFSC. A garota era filha do repórter-fotográfico Fernando Gomes, um dos mais premiados jornalistas do jornal Zero Hora, de Porto Alegre, pertencente ao Grupo RBS.

Sem poder acompanhar o velório, que está ocorrendo na capital gaúcha, alguns colegas foram à porta do Hospital Universitário na segunda-feira à tarde para prestar solidariedade aos familiares. A direção do HU e a reitoria da UFSC fizeram questão de externar aos pais o sentimento de luto que toma conta da comunidade universitária. As assistentes sociais e psicólogas do hospital fizeram plantão especial para acompanhar a família e os trâmites burocráticos durante toda a segunda-feira. Os pais, que estavam em viagem no interior do Rio Grande do Sul quando receberam a notícia do acidente, só conseguiram chegar ao HU por volta das 17h.

O velório de Lylyan está ocorrendo na capela C do Cemitério Jardim de Paz, em Porto Alegre, e o sepultamento está marcado para as 16h desta terça [02/07]. A direção da empresa Insular, dona do ônibus, emitiu uma nota na segunda-feira sobre o acidente:

A empresa acompanhou todos os procedimentos desde o acidente, mas infelizmente a ciclista veio a óbito. Independentemente da culpabilidade do motorista do coletivo, a empresa se coloca à disposição para apoiar neste triste momento a família da estudante.

O acidente será investigado pela 5ª Delegacia de Polícia de Florianópolis e um protesto liderado pela Movimento Associação Viaciclo está marcado para quinta-feira, às 8h, quando pretendem instalar a chamada “bicicleta fantasma”, para assinalar mais uma vítima do confronto nas ruas da cidade.

Saiba mais:

Clipping G1: Ciclista estava próxima à faixa de segurança

(Vídeo) Ciclista estudante da UFSC morre após ser atingida por ônibus

UFSC lamenta morte de estudante

Estudante de Oceanografia não resiste e falece após ser atingida por ônibus em Florianópolis

Veja também:

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

11 Responses to Corpo de universitária morta em acidente em Florianópolis será sepultado no RS

  1. Pingback: Inquérito instaurado | Bicicleta na Rua

  2. Pingback: Bicicleta branca será afixada na Trindade | Bicicleta na Rua

  3. Pingback: Ghost Bike na Trindade, em Florianópolis | Bicicleta na Rua

  4. Pingback: Momentos singelos marcaram homenagem a Lylyan | Bicicleta na Rua

  5. Pingback: (Vídeo) TV UFSC mostra instalação da bicicleta-fantasma em homenagem a estudante da instituição | Bicicleta na Rua

  6. Pingback: (Vídeo) TVBV: Após morte de ciclista população realiza protesto | Bicicleta na Rua

  7. Pingback: Professores da UFSC mobilizavam-se para implantação de ciclovia desde 1997 | Bicicleta na Rua

  8. Pingback: UFSC encaminha ofício à Insular Transporte Coletivo | Bicicleta na Rua

  9. Pingback: Carta dos alunos da Oceanografia à Reitoria | Bicicleta na Rua

  10. Pingback: (Vídeo) Avaí de Bike: Ghost Bike à Lylyan | Bicicleta na Rua

  11. Pingback: Reitoria da UFSC aceita pedido de audiência de alunos e ciclistas | Bicicleta na Rua

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: