Ghost Bike Ratones


Foto: Daniel de Araújo Costa.

Foto: Daniel de Araújo Costa.

Everton Luis Machado adorava pedalar. Quando nasceu, deveria estar em construção uma ciclovia na rodovia SC-401, em Florianópolis.

Vinte e dois anos depois, andando de bicicleta, não viu a ciclovia sequer ser iniciada e, nela, foi atingido por um motorista “supostamente” ébrio.

Na ciclovia que não existe, erguer-se-á mais um monumento à omissão. Sete ciclistas já perderam a vida nesta rodovia desde que a Lei Seca entrou em vigor, no segundo semestre de 2008. Mas o que talvez seja mais triste é que, mesmo assim, os projetos de 1991 de duplicação da pista, que contavam também com ciclovia, não estão sendo sequer revirados para que a obra se torne realidade.

A Rodovia das Mortes para os ciclistas verá, na manhã deste sábado, mais uma escultura que ninguém queria ver. Uma ghost bike, a alva bicicleta do respeito que não existiu, marcará a paisagem nos arredores do pacato bairro de Ratones.

:: Confirme sua presença pelo Facebook

A saída para a instalação da bicicleta-fantasma ocorrerá do trapiche da Av. Beira-Mar Norte, às 9h. A concentração inicia-se às 8h e a chegada em Ratones é prevista para cerca de 10h. Faça chuva ou faça sol, as bicicletas continuam com suas rodas a girar na Ilha da Magia, no Estado da Omissão.

Saiba mais:

SC-401 oferece ainda mais riscos aos ciclistas neste verão – A liberação consentida da Polícia Militar Rodoviária para automóveis usarem o acostamento coloca em risco a vida de ciclistas.
Ciclistas mortos na Grande Florianópolis após a vigência da Lei Seca – Relação, infelizmente já desatualizada, dos ciclistas que morreram atropelados na região.
A rodovia das mortes – Quando ciclistas são assassinados – Conteúdo do Bicicleta na Rua já previa, em 2009, que mais acidentes aconteceriam se não houvesse um redirecionamento dos investimentos e das prioridades.

Veja também:

Alvo emudecimento – Crônica – “SC-401, SC-402 e o silêncio branco”, de Marco Vasques.
Charge – Pedalando com segurança na SC-401 – autoria de César Nogueir.

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: