Maratona Intermodal permanece confirmada mesmo com chuva


:: Maratona Intermodal adiada

Notícias do Dia - logo v2

Transporte compartilhado pode ajudar a melhorar a mobilidade urbana na Grande Florianópolis

Sistema “Vaidequê?” já funciona na Capital; Dia Mundial Sem Carros debate soluções para melhorar o trânsito na Grande Florianópolis

Um sistema online que possibilita agendar ou compartilhar o transporte é uma das soluções apresentadas para melhorar o trânsito em Florianópolis e região. O projeto “Vaidequê?” sugere o uso de tecnologias para se locomover na cidade que obriga o uso excessivo de carros por sofrer com a falta de ônibus, ciclovias e outras alternativas de transporte. O sistema, inovador no Estado, é muito simples: o usuário se cadastra no site, informa para onde e que horários precisa de transporte e os prestadores de serviço agendam o deslocamento.

O meio utilizado para o transporte é a Van, com capacidade para até 21 passageiros. Com isso, o usuário pode agendar transporte para ele ou para um grupo de pessoas ou então compartilhar o veículo que já está agendado por outro grupo, para onde quiser e em qualquer horário. A ideia é reduzir o número de automóveis nas ruas, contribuir para a melhoria do trânsito, baratear os custos com transporte e ser a alternativa ideal para respeitar a Lei Seca.

Congestionamentos: Trânsito em Florianópolis está cada vez mais complicado. Foto: Daniel Queiroz / ND.

Congestionamentos: Trânsito em Florianópolis está cada vez mais complicado. Foto: Daniel Queiroz / ND.

De acordo com Cláudia de Siervi, coordenadora da Rede Ritmos das Cidades e diretora da Zapta – cidades em movimento, empresa responsável pelo desenvolvimento do Vaidequê?, o sistema foi pensado exclusivamente para Florianópolis. “Temos um problema sério com transporte público aqui, que é muito limitado, especialmente nos fins de semana. Com o projeto, as pessoas podem compartilhar o transporte em qualquer horário e para qualquer lugar. Se o usuário tem que ir do Centro para o Norte da Ilha, por exemplo, das 22h às 4h, vai ter transporte, é só agendar. Por outro lado, o prestador de serviço só tem que se preocupar com a origem, o resto é tudo comandado pelos usuários”, destaca.

O site do sistema (www.vaideque.com.br) ainda está em caráter experimental, para identificar a real necessidade dos usuários. Por enquanto, a prefeitura tem oito Vans cadastradas para o programa. Depois da fase de testes, a Zapta vai lançar o aplicativo do sistema para, de fato, dar início ao transporte compartilhado na Capital.

Dia Mundial Sem Carros tem programação neste domingo

A alternativa do transporte compartilhado foi uma das soluções apresentadas nesta sexta-feira, na 2ª Circunferência Sobre Mobilidade Urbana da Grande Florianópolis, que integra a programação do Dia Mundial Sem Carros, celebrado neste domingo. A data foi criada em 1997, na França, como um dia para reflexão sobre o uso excessivo de carros.

O evento debateu, no campus da UFSC, alternativas para melhorar a mobilidade urbana, com iniciativa da Ritmos das Cidades, em parceria com organizações relacionadas à educação, aos movimentos sociais, aos serviços públicos e à tecnologia, como a MobFloripa e a Floripa Quer Mais. Neste domingo, as entidades organizam a Maratona Intermodal, no trapiche da Beira-mar Norte.

Os moradores da Grande Florianópolis serão desafiados, entre 10h e 16h, a percorrer o trajeto da sua casa até o trapiche de forma sustentável, utilizando ao menos três diferentes meios de transporte e documentando a viagem (foto ou vídeo). Aqueles que utilizarem o maior número de modalidades sustentáveis e forem mais criativos serão premiados ao final do evento.

A entrega dos prêmios será realizada no trapiche, às 18h. A ideia é mostrar que é possível mudar os hábitos em prol da mobilidade sustentável. A participação é gratuita. As inscrições podem se feitas no site www.ritmosdascidades.com.br ou no local, a partir das 10h. Mesmo com chuva, a programação está mantida.

SERVIÇO

O que: 2ª Maratona Intermodal
Quando: Domingo, das 10h às 18h
Onde: Trapiche da Avenida Beira-mar Norte
Inscrições: www.ritmosdascidades.com.br

Kerli Magri

Fonte: Jornal Notícias do Dia online, em 21 de setembro de 2013

Anúncios

Sobre bicicletanarua
Ciclista urbano paulistano residente em Florianópolis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: