Novidades Ciclísticas #2

Confira novidades ciclísticas da semana!

Venda de bicicletas supera a de carros novos em quase todos os países da Europa – Pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, a Itália, país de marcas famosas de automóveis e de bicicletas, teve as magrelas vendendo mais do que os veículos de quatro rodas. Seguiu a tendência já observada em outros países, como a Alemanha, a França, a Espanha e a Inglaterra. Em apenas dois dos países analizados – Bélgica e Luxemburgo – a venda de automóveis é superior à de bicicletas.

bike vs carro na Europa 2012

Após ser espancado pelo pai, menino de nove anos vai de Capoeiras a Trindade de bicicleta atrás da mãe – apesar de o tempo de deslocamento da criança ter sido certamente superestimado, esse caso de agressão infantil registrado em Florianópolis faz-nos recordar que a bicicleta é uma das primeiras formas de deslocamento de um indivíduo. Faz-nos, por fim, refletir que uma cidade realmente mais humana propicia segurança para o deslocamento das pessoas, tenham elas 90 anos ou 9, como na reportagem.

Ciclista é atingida por veículo na capital e sofre ferimentos graves Raíza Padilha, de 20 anos, estudante de Ciências Biólogicas da Universidade Federal de Santa Catarina, foi atropelada em Florianópolis no dia 28 de outubro, por volta das 9h30. Natural de Piracicaba, no interior paulista, a jovem sofreu fratura no braço esquerdo e um ferimento profundo na coxa. Ela ainda se encontra internada no Hospital Celso Ramos, onde já passou pelos primeiros procedimentos cirúrgicos. A jovem encontra-se lúcida e com bom humor, embora seja mantida em observação por causa do risco de dilaceração de um dos rins. O motorista evadiu-se do local do atropelamento sem prestar socorro. Na semana que vem, a estudante pretendia participar de sua primeira cicloviagem, rumo ao Encontro Regional de Estudantes de Biologia da Região Sul (EREB-Sul), que vai acontecer em Vidal Ramos (SC).

Ciclista fica gravemente ferido em acidente em Blumenau – Alisson Rafael da Cruz, de 22 anos, encontra-se em coma induzido após atropelamento envolvento um automóvel com placas da Porto Alegre em Blumenau, no dia 31 de outubro. O fato aconteceu na Rua Bahia, em Itoupava Seca, em torno das 16h. Alisson estava até ontem (01/01) no pronto-socorro, aguardando leito para a UTI. Outras informações aqui.

Memoria Catarinense DC 2013-11-02 Joinville

Memória Catarinense 02/11/2013 – Acima, registro do arquivo pessoal de Mariza Brietzig mostra mais de dez ciclistas na esquina das ruas João Colin com a XV de Novembro, em Joinville, demonstrando por que o município chegou a ser conhecido como “a cidade das bicicletas”.

Confira também o que saiu no Bicicleta na Rua

ABC Ciclovias tem nova diretoria

Projetos de iluminação de calçadas e ciclovias em Florianópolis e Joinville são premiados

Desrespeito com os pedestres em São José

(XI) Especial Floribike: Bicicletas coletivas que salvam vidas

Estudo demonstra que o Bicing, o serviço de bicicletas públicas de Barcelona, salva 12 vidas a cada ano e reduz a emissão de CO2 em mais de 9.000 toneladas .

Investigadores do Centro de Investigação em Epidemiologia Ambiental (CREAL) de Barcelona informam que os benefícios para a saúde da atividade física ao deslocar-se de bicicleta dentro da cidade são muito maiores que os riscos devido à poluição do ar e aos acidentes de trânsito.

De fato, estes benefícios foram quantificados e confirmam que, graças ao uso habitual do Bicing, o número anual de mortes diminui a uma taxa de 24%. No caso da cidade de Barcelona, esse número representa o salvamento de 12 vidas. Além disso, as emissões de CO2 reduzem-se em mais de 9.000 toneladas durante o mesmo período.

Os resultados, publicados no British Medical Journal, baseiam-se em um estudo de impacto na saúde do Bicing, o sistema de bicicletas públicas de Barcelona, que hoje conta com cerca de 6.000 bicicletas, 420 estações e 120.000 usuários cadastrados.

Estes serviços são cada vez mais populares na Espanha e mais de 70 cidades já contam com ele, incluindo Bilbao, Córdoba, Gijón, São Sebastião, Santander, Sevilha, Valência e Saragoça.

O Dr. David Rojas-Rueda, investigador do CREA e principal autor deste estudo, parte do projeto TAPAS (Transportation, Air Pollution and Physical Activities), declara que “é evidente que as políticas de transporte que promovam a atividade física são uma maneira para melhorar a saúde da população e reduzir os gastos  em saúde pública”.

Trata-se da primeira pesquisa que quantifica o impacto na saúde da implantação destes serviços, “que tem tido grande êxito e estão se extendendo para todo o mundo”, segundo o investigador Rojas-Rueda. No caso do Bicing, 11% da população de Barcelona já havia se cadastrado no sistema no ano de 2009. O deslocamento para ir ao trabalho ou à escola correspondiam a 68% das viagens e 37% dos usuários combinaram as bicicletas coletivas com outro meio de transporte. A distância média que é percorrida com o Bicing é de 3,29 quilômetros por dia, com uma duração média de 14,1 minutos.

Tendo em conta estes dados, o pesquisados do CREAL acrescenta que “há, contudo, muito espaço para melhorar estes números e, portanto, aumentar os benefícios para a saúde e o meio ambiente”. De fato, o estudo foi motivado pela preocupação global sobre as altas taxas de sedentarismo, a epidemia da obesidade e o aumento dos níveis de poluição do ar nas cidades, que instituições como a Organização Muncial da Saúde, a Comissão Européia e o Centro da União Européia para o Controle de Enfermidades demonstraram.

Artigo de referência:

The health risks and benefits of cycling in urban environments compared with car use: health impact assessment study. Bristish Medical Journal (2011). doi=10.1136/bmj.d4521.

Fonte: Traduzido e adaptado de notícia de 5 de agosto de 2011 do Centro de Investigación en Epidemilogía Ambiental.

Saiba mais:

(I) Especial Floribike: Edital de concorrência será lançado no aniversário da cidade
(II) Especial Floribike: São Paulo e Rio de Janeiro foram pioneiros
(III) Especial Floribike: Projeto de bicicletas coletivas vem de 2009
(IV) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Compartibike
(V) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Movement Barcelona
(VI) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Serttel
(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho
(VIII) Especial Floribike: A opção por Nova York
(IX) Especial Floribike: Compartilhamento universitário
(X) Especial Floribike: Iniciativa do interior do Paraná é premiada
(XI) Especial Floribike: Bicicletas coletivas que salvam vidas
(XII) Especial Floribike: Como funcionará em Florianópolis

Veja também:

Floribike: encaminhamento do edital homenageou os 10 anos da Bicicletada em Florianópolis
Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho

bicicleta_na_rua3-joel pacheco

Cinco empresas tentaram se habilitar na disputa para concorrer ao direito de instalar um sistema de bicicletas coletivas em Florianópolis. Apenas três foram habilitadas.

A Empresa Ciclista Miralago, com sede em Águeda, na região portuguesa de Aveiro foi numa delas. Embora tenha fornecido milhares de bicicletas para os sistemas Paris (Vélib) e Lyon (VéloV), ela ficou pelo caminho. Diversos documentos obrigatórios deixaram de ser fornecidos, incluindo alguns atestados de capacidade técnica. Na maioria dos locais onde atua no transporte por bicicleta, a Miralago é apenas fornecedora do material (a bicicleta), e não gerenciadora do sistema em si.

Já a Nery & Scheinkmann não foi habilitada por não conseguir comprovar o fornecimento de um sistema eletrônico de locação das bicicletas. Este item era fundamental no processo licitatório de Florianópolis. A cidade optou por não correr os risco de outras cidades e apenas habilitar empresas que já haviam fornecido um serviço eletrônico de empréstimo, ou que comprovadamente detinham esta tecnologia.

Em janeiro deste ano, a empresa abriu, em Curitiba seus primeiros locais de empréstimo e estacionamento de bicicletas, no projeto Bicicletaria.net. Existem dois pontos em Curitiba, no Centro Cívico e no Jardim Botânico, no qual os ciclistas podem deixar suas bicicletas ou ainda, locarem uma das 21 bicicletas disponíveis. As bicicletas não possuem correntes de transmissão e são rastreadas por GPS. A empresa encontra-se em fase de captação de recursos e oferece também serviços mecânicos e de reparos. Mais informações podem ser encontradas aqui.

Bicicletaria.net. Foto: BandNews FM Curitiba.Bicicletaria.net

Saiba mais:

(I) Especial Floribike: Edital de concorrência será lançado no aniversário da cidade
(II) Especial Floribike: São Paulo e Rio de Janeiro foram pioneiros
(III) Especial Floribike: Projeto de bicicletas coletivas vem de 2009
(IV) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Compartibike
(V) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Movement Barcelona
(VI) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Serttel
(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho
(VIII) Especial Floribike: A opção por Nova York
(IX) Especial Floribike: Compartilhamento universitário
(X) Especial Floribike: Iniciativa do interior do Paraná é premiada
(XI) Especial Floribike: Bicicletas coletivas que salvam vidas
(XII) Especial Floribike: Como funcionará em Florianópolis

Veja também:

Floribike: encaminhamento do edital homenageou os 10 anos da Bicicletada em Florianópolis
Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

(V) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Movement Barcelona

bicicleta_na_rua3-joel pacheco

Três empresas estão habilitadas a concorrer à implantação do sistema de bicicletas coletivas de Florianópolis. E uma delas veio de longe. A Movement Barcelona, com sede em Cornellà de Llobregat, na Catalunha, é a responsável pelo internacionalmente reconhecido Bicing, as bicicletas compartilhadas de Barcelona. Implantado em 2007, hoje o sistema conta com 6.000 bicicletas, disponíveis em 420 estações.

Bicing. Foto: Suite Life.Bicing

A iniciativa inspirou diversas cidades a disporem de bicicletas como parte de uma política pública de mobilidade. Hoje, ela opera também o Bizi Zaragoza, no qual são disponibilizadas 1.300 bicicletas e 130 estações em Saragoça. Confira o mapa de localização das estações aqui.

biziBizi Zagaroza

O braço brasileiro da empresa chama-se Brasil e Movimento. Em setembro de 2012, implantou no país suas primeiras estações.

O Sanca Bike já conta com 60 bicicletas em cinco locais de São Caetano do Sul (SP).

Sanca BikeSanca Bike

Em Campinas, o Viva Bike já tem três estações em operação, cada uma com cerca de 10 bicicletas.

Viva Bike CampinasViva Bike Campinas

Saiba mais:

(I) Especial Floribike: Edital de concorrência será lançado no aniversário da cidade
(II) Especial Floribike: São Paulo e Rio de Janeiro foram pioneiros
(III) Especial Floribike: Projeto de bicicletas coletivas vem de 2009
(IV) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Compartibike
(V) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Movement Barcelona
(VI) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Serttel
(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho
(VIII) Especial Floribike: A opção por Nova York
(IX) Especial Floribike: Compartilhamento universitário
(X) Especial Floribike: Iniciativa do interior do Paraná é premiada
(XI) Especial Floribike: Bicicletas coletivas que salvam vidas
(XII) Especial Floribike: Como funcionará em Florianópolis

Veja também:

Floribike: encaminhamento do edital homenageou os 10 anos da Bicicletada em Florianópolis
Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Floribike: encaminhamento do edital homenageou os 10 anos da Bicicletada em Florianópolis

bicicleta_na_rua3-joel pacheco

Agora três empresas estão na disputa.

O edital de qualificação para o sistema de bicicletas coletivas de Florianópolis, pré-denominado Floribike, foi oficialmente encaminhado pela Comissão Municipal de Mobilidade Urbana por Bicicleta (Pró-Bici) para a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SMCTDES) no dia 29 de outubro de 2012, uma segunda-feira. Foi o primeiro dia útil após a Bicicletada Floripa de outubro, realizada na última sexta-feira daquele mês, dia 26. Esta data marcou a edição comemorativa dos dez anos da Massa Crítica em Florianópolis.

Em discussão desde meados de 2011, as bicicletas coletivas de Florianópolis dependem apenas da publicação desse edital para ter seguimento. O documento determina as características que devem constar para que o aluguel de bicicletas na cidade ocorra, bem como dá providências para a classificação das empresas interessadas em implantar o sistema.

Desde julho o documento se encontrava na Pró-Bici para análise técnica. “Foram feitas mais de quatro dezenas de correções para se adequar o edital à legislação”, ponderou Fabiano Faga Pacheco, secretário da Pró-Bici. As alterações foram apresentadas durante a reunião ordinária da Comissão de 24 de outubro e, logo após, encaminhadas por sua coordenadora técnica, a arquiteta e urbanista Vera Lúcia Gonçalves da Silva.

Um mês depois, o edital foi encaminhado à Secretaria Municipal de Administração e Previdência e dependia apenas de uma assinatura do então prefeito, Dário Berger (PMDB), para ser publicado no Diário Oficial do Município, fato que acabou por não ocorrer.

Empresa espanhola ganha direito de concorrer

O edital depende, ainda hoje, apenas da assinatura do prefeito eleito, Cesar Souza Júnior (PSD), para ser lançado. Durante sabatina no segundo turno da campanha eleitoral, ele afirmou ser completamente favorável à implantação do aluguel de bicicletas, constando como uma das promessas de seu “Termo de Compromisso com os Ciclistas”, assinado junto à Bicicletada Floripa, Bike Anjo Floripa, ViaCiclo e Bicicleta na Rua. Seu vice-prefeito, João Amin (PP), inclusive esteve na audiência pública sobre o tema.

Mas agora, não serão mais apenas duas empresas que concorrem para obterem o direito de implantar as bicicletas coletivas. Após análise de recurso, a Comissão Permanente de Licitações habilitou a empresa espanhola Movement Barcelona, responsável, dentre outros, pelo sistema Bicing, de Barcelona. A empresa havia sido desclassificada por critérios burocráticos, como não tradução de atestados de capacidade técnica e de certidão de débitos. Ela se junta à CompartiBike e à Serttel.

Confira abaixo a nota completa no Diário Oficial.

Diario Oficial de Florianopolis 2012-08-31

SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL

RESULTADO DO PROCESSO LICITATÓRIO DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO Nº. 147/SMAP/DLC/2012.
O Município de Florianópolis, por intermédio da Comissão Permanente de Licitações para Cadastro e Habilitação, após análise do recurso interposto pela empresa MOVEMENT BARCELONA 2005 S2, torna público aos interessados:

EMPRESAS PRÉ-QUALIFICADAS:

– M2 SOLUÇÕES EM ENGENHARIA LTDA.;
– SERTTEL LTDA.;
– MOVEMENT BARCELONA 2005 S2.

Florianópolis, em 27 de agosto de 2012.
A Comissão.

Saiba mais:

Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Veja também:

Ausência de seguranças para o ciclista é tema de Podcast na Rádio UDESC
Pedalada Pelada leva bom humor às ruas de Florianópolis na busca por respeito no trânsito
(Bicicultura) Jornal Bom Dia – Sorocaba terá mais ciclovias
(Bicicultura) Serttel aborda a iniciativa das bicicletas públicas

Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis

Foi publicado na última sexta-feira, no Diário Oficial de Florianópolis, o resultado da etapa de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis, previamente denominado Floribike. Das cinco empresas que se inscreveram, apenas duas foram habilitadas para seguirem para o processo seguinte da licitação.  Na próxima etapa da concessão do serviço de aluguel de bicicletas,

serão avaliados critérios econômicos, que englobam menor tarifa para o usuário e menor ônus à prefeitura, e técnicos, incluindo características dos sistemas de cadastramento, aquisição de crédito, locação das bicicletas e logística, além de características das próprias bicicletas e das estações para retirada e devolução destas.

As empresas nacionais M2 Soluções em Engenharia (CompartiBike) e Serttel foram habilitadas, enquanto que a portuguesa Miralago e a espanhola Movement Barcelona, que operam os sistemas de Paris e Agueda (Miralago) e de Barcelona e Cornella de Labregrat (Movement Barcelona), foram desclassificadas por não apresentarem toda a documentação necessária, incluindo atestados de capacidade técnica. A empresa Nery & Scheinkmann, de Curitiba, dentre outras coisas, não conseguiu comprovar fornecimento do serviço por meio eletrônico.

A CompartiBike opera, atualmente, o PEDALUSP, sistema de bicicletas compartilhadas da Universidade de São Paulo (USP). Já a Serttel, responsável pela SAMBA (Solução Alternativa para Mobilidade por Bicicletas de Aluguel), gerencia a locação de bicicletas no Rio de Janeiro (BikeRio), Petrolina, João Pessoa e Sorocaba.

As empresas poderão recorrer da habilitação até o final desta semana.

Veja abaixo a nota completa no Diário Oficial.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL

RESULTADO DO PROCESSO LICITATÓRIO DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO Nº. 147/SMAP/DLC/2012.
O Município de Florianópolis, por intermédio da Comissão Permanente de Licitações para cadastro e habilitação, torna público aos interessados:

EMPRESAS HABILITADAS: SERTTEL e M2 BIKE

EMPRESAS INABILITADAS:

Empresa MOVEMENT BARCELONA 2005 SL, por não atender a norma editalícia, conforme segue:
a) A Procuração foi outorgada ao Sr. Renato Frison de Almeida, sem poderes para substabelecer, e quem representou a empresa na data da abertura com substabelecimento foi o Sr. Cesar David Sahid Pedrozo;
b) A Certidão Negativa de Débitos do Município de Cornella de Labregrat não está traduzida, descumprindo o subitem 4.2.2.3 do edital;
c) Que os atestados de capacidade técnica emitidos pela Bicing Barcelona não vieram acompanhados dos contratos traduzidos, descumprindo o subitem 4.2.2.3. do edital.

Empresa NERY & SCHEINKMANN, por não atender a norma editalícia, conforme segue:
a) A empresa não apresentou as duas últimas guias do FGTS quitadas, descumprindo o subitem 4.2.2”b” do edital.
b) A empresa apresentou índices de endividamento em desconformidade com o disposto no subitem 4.2.3 do edital.
c) A empresa não comprovou o fornecimento do serviço por meio eletrônico, conforme o anexo I do edital.

Empresa CICLISTA MIRALAGO, por não atender a norma editalícia, conforme segue:
a) Não apresentou os contratos referentes aos atestados de capacidade técnica emitidos pelas cidades de Paris e Agueda, descumprindo o subitem 4.2.4, alínea “A” do edital, que solicita a apresentação dos mesmos.
b) Não apresentou as Certidões Negativas de Débito do FGTS (subitem 4.2.2, alínea “b”), Certidão Negativa Federal (subitem 4.2.2, alínea “f”), Certidão Negativa Estadual (subitem 4.2.2, alínea “g”) e Certidão de Dívida Ativa da União (subitem 4.2.2, alínea “e”), do edital, ou equivalentes no país de origem.

A Comissão Permanente de Licitações, em conformidade com o art. 109, I, “a”, da Lei 8.666/93 abre prazo de 05 (cinco) dias úteis para recurso.
Florianópolis, em 06 de junho de 2012. A Comissão.

Saiba mais:

Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Veja também:

Pedalada Pelada leva bom humor às ruas de Florianópolis na busca por respeito no trânsito
(Bicicultura) Jornal Bom Dia – Sorocaba terá mais ciclovias
(Bicicultura) Serttel aborda a iniciativa das bicicletas públicas

Cinco empresas concorrem ao Floribike

Cinco empresas entregaram a documentação para habilitação ao processo licitatório do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis, o Floribike. As empresas interessadas deveriam se manifestar oficialmente até às 14h desta quinta-feira, 02 de maio.

Agora, uma comissão da Diretoria de Licitações e Contratos da Secretaria Municipal de Administração e Previdência irá avaliar a documentação e manifestar-se, habilitando as empresas ao próximo passo da licitação, que se refere à concessão do serviço.

Manifestaram interesse as seguintes empresas:

1) M2 Soluções em Engenharia Ltda., da Compartibike, que opera o PEDALUSP, sistema de bicicletas compartilhadas que funciona na Universidade de São Paulo (USP).

2) Empresa Ciclista Miralago, de Portugal, que fabrica as bicicletas utilizadas nos sistemas de Paris (Vélib) e Lyon (VéloV).

3) Movement Barcelona 2005 SL, da Espanha, responsável pelo sistema de bicicletas comunitárias de Barcelona (Bicing).

4) Serttel Ltda., empresa de Recife responsável pela SAMBA (Solução Alternativa para Mobilidade por Bicicletas de Aluguel), que gerencia a locação de bicicletas no Rio de Janeiro (BikeRio), Petrolina, João Pessoa e Sorocaba.

5) Nery & Scheinkmann Comércio, Aluguel e Manutenção de Bicicletas Ltda., de Curitiba, que mantém na capital paranaense locação de bicicletários.

O próximo edital de licitação deve sair até dia 06 de julho, de acordo com a legislação, por ser 2012 ano eleitoral.

Saiba mais:

Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Veja também:

Pedalada Pelada leva bom humor às ruas de Florianópolis na busca por respeito no trânsito
(Bicicultura) Jornal Bom Dia – Sorocaba terá mais ciclovias
(Bicicultura) Serttel aborda a iniciativa das bicicletas públicas

%d blogueiros gostam disto: