Em dia de Ironman, ciclistas sofrem com violência no trânsito

Ciclista foi atropelada por motorista bêbado enquanto outro levou “tapetada”

Enquanto dois mil atletas percorriam os mais de 200km total do Ironman, prova de triatlo realizada neste domingo, 27 de maio, em Florianópolis, ciclistas urbanos sofreram episódios que demonstram bem a violência gratuita que os ciclistas sofrem nas rodovias catarinenses.

Logo pela manhã, a ciclista Ana Carolina Vivian pedalava com dois rapazes para assistir à largada da prova quando foi atingida por uma moto, conduzida sem habilitação por um motorista embriagado. Segundo informações não confirmadas, o acidente aconteceu na SC-401, próximo ao trevo de Jurerê. O motoqueiro foi encaminhado à delegacia, de onde já foi liberado. Dia 26 acontecerá a primeira audiência sobre o caso e o condutor da moto deve ser indiciado por homicídio doloso, quando há intenção matar. Ana Carolina teve apenas machucados leves.

Lá perto, na mesma SC-401 Rodovia Tertuliano Brito Xavier, entre Canasvieiras e Jurerê, Audálio Marcos Vieira Junior foi atingido por uma “tapetada” dada por um dos ocupantes de carro prata de placa MFJ 4206. Audálio já registrou um boletim de ocorrência e aguarda o prosseguimento do caso.

Tanto Ana Carolina quanto Audálio são ativistas da bicicleta conhecidos em Florianópolis.

Gostinho catarinense

Pouca gente sabe, mas a vitória do argentino Ezequiel Morales no Ironman teve um gosto especial para alguns catarinenses. O atleta é patrocinado pela 3T Triathlon, loja de materiais esportivos de Criciúma.

Atualizado em 30 de maio de 2012, às 15h43min.

Motoqueiro acidenta ciclista que ia assistir à largada do Ironman, em Florianópolis

As informações aqui são preliminares.

Um motociclista bêbado atingiu neste domingo uma garota que ia de bicicleta com amigos assistir à largada da prova de triatlo do Ironman, em Florianópolis. Ana Carolina Vivian sofreu apenas ferimentos leves, enquanto seus amigos, o namorado André Costa e Maurício, um cicloturista que se encontra na capital catarinense, nada sofreram.

O motociclista estava embriagado e, segundo a polícia, não possuía carteira de habilitação. Ele já foi liberado.

Ana Vivian e André estavam planejando viajar de bicicleta pela América do Sul. A viagem de ambos iria começar semana que vem. O casal é conhecido no meio cicloativista catarinense. Com a sua bicicleta, André foi o vencedor do último Desafio Intermodal de Florianópolis, realizado no ano passado. Ana Vivian também venceu esse mesmo desafio do trânsito em 2009, ganhando de automóveis, ônibus e motos usando uma bicicleta com cestinha, mostrando o quão eficiente pode ser o uso da bicicleta na cidade.

Falta, entretanto, investimento em infraestrutura, fiscalização e educação.

%d blogueiros gostam disto: