(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho

bicicleta_na_rua3-joel pacheco

Cinco empresas tentaram se habilitar na disputa para concorrer ao direito de instalar um sistema de bicicletas coletivas em Florianópolis. Apenas três foram habilitadas.

A Empresa Ciclista Miralago, com sede em Águeda, na região portuguesa de Aveiro foi numa delas. Embora tenha fornecido milhares de bicicletas para os sistemas Paris (Vélib) e Lyon (VéloV), ela ficou pelo caminho. Diversos documentos obrigatórios deixaram de ser fornecidos, incluindo alguns atestados de capacidade técnica. Na maioria dos locais onde atua no transporte por bicicleta, a Miralago é apenas fornecedora do material (a bicicleta), e não gerenciadora do sistema em si.

Já a Nery & Scheinkmann não foi habilitada por não conseguir comprovar o fornecimento de um sistema eletrônico de locação das bicicletas. Este item era fundamental no processo licitatório de Florianópolis. A cidade optou por não correr os risco de outras cidades e apenas habilitar empresas que já haviam fornecido um serviço eletrônico de empréstimo, ou que comprovadamente detinham esta tecnologia.

Em janeiro deste ano, a empresa abriu, em Curitiba seus primeiros locais de empréstimo e estacionamento de bicicletas, no projeto Bicicletaria.net. Existem dois pontos em Curitiba, no Centro Cívico e no Jardim Botânico, no qual os ciclistas podem deixar suas bicicletas ou ainda, locarem uma das 21 bicicletas disponíveis. As bicicletas não possuem correntes de transmissão e são rastreadas por GPS. A empresa encontra-se em fase de captação de recursos e oferece também serviços mecânicos e de reparos. Mais informações podem ser encontradas aqui.

Bicicletaria.net. Foto: BandNews FM Curitiba.Bicicletaria.net

Saiba mais:

(I) Especial Floribike: Edital de concorrência será lançado no aniversário da cidade
(II) Especial Floribike: São Paulo e Rio de Janeiro foram pioneiros
(III) Especial Floribike: Projeto de bicicletas coletivas vem de 2009
(IV) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Compartibike
(V) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Movement Barcelona
(VI) Especial Floribike: Conheça as concorrentes – Serttel
(VII) Especial Floribike: As empresas que ficaram pelo caminho
(VIII) Especial Floribike: A opção por Nova York
(IX) Especial Floribike: Compartilhamento universitário
(X) Especial Floribike: Iniciativa do interior do Paraná é premiada
(XI) Especial Floribike: Bicicletas coletivas que salvam vidas
(XII) Especial Floribike: Como funcionará em Florianópolis

Veja também:

Floribike: encaminhamento do edital homenageou os 10 anos da Bicicletada em Florianópolis
Apenas duas empresas são habilitadas a concorrer ao sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Cinco empresas concorrem ao Floribike

Cinco empresas entregaram a documentação para habilitação ao processo licitatório do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis, o Floribike. As empresas interessadas deveriam se manifestar oficialmente até às 14h desta quinta-feira, 02 de maio.

Agora, uma comissão da Diretoria de Licitações e Contratos da Secretaria Municipal de Administração e Previdência irá avaliar a documentação e manifestar-se, habilitando as empresas ao próximo passo da licitação, que se refere à concessão do serviço.

Manifestaram interesse as seguintes empresas:

1) M2 Soluções em Engenharia Ltda., da Compartibike, que opera o PEDALUSP, sistema de bicicletas compartilhadas que funciona na Universidade de São Paulo (USP).

2) Empresa Ciclista Miralago, de Portugal, que fabrica as bicicletas utilizadas nos sistemas de Paris (Vélib) e Lyon (VéloV).

3) Movement Barcelona 2005 SL, da Espanha, responsável pelo sistema de bicicletas comunitárias de Barcelona (Bicing).

4) Serttel Ltda., empresa de Recife responsável pela SAMBA (Solução Alternativa para Mobilidade por Bicicletas de Aluguel), que gerencia a locação de bicicletas no Rio de Janeiro (BikeRio), Petrolina, João Pessoa e Sorocaba.

5) Nery & Scheinkmann Comércio, Aluguel e Manutenção de Bicicletas Ltda., de Curitiba, que mantém na capital paranaense locação de bicicletários.

O próximo edital de licitação deve sair até dia 06 de julho, de acordo com a legislação, por ser 2012 ano eleitoral.

Saiba mais:

Aberto edital de pré-qualificação do sistema de bicicletas públicas de Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis é tema de Podcast
Embora pronto, edital das bicicletas públicas de Florianópolis não será lançado em 2011
Ata da Audiência Pública do Sistema de Bicicletas Públicas de Florianópolis (Floribike)
Florianópolis dá primeiro passo para implantação de bicicletas coletivas
Audiência pública debaterá aluguel de bicicletas em Florianópolis
Aluguel de bicicletas de Florianópolis deve ficar pronto em novembro de 2012
Florianópolis espera contar com bicicletas públicas em 2012

Veja também:

Pedalada Pelada leva bom humor às ruas de Florianópolis na busca por respeito no trânsito
(Bicicultura) Jornal Bom Dia – Sorocaba terá mais ciclovias
(Bicicultura) Serttel aborda a iniciativa das bicicletas públicas

%d blogueiros gostam disto: