Divulgação da Pedalada Pelada no Diário Catarinense (III)

A edição impressa do Diário Catarinense também fez menção à Pedalada Pelada realizada em Florianópolis no último dia 10 de março, mas de maneira mais tímida do que na mídia digital.

A coluna Visor, de Rafael Martini, no dia 10 de março de 2012, dizia:

Pedalada Pelada!

Neste sábado será realizada a primeira edição do World Naked Bike, ou Pedalada Pelada, em Florianópolis.

A manifestação, que acontece no mundo inteiro, pede mais segurança no trânsito e mais espaço para os ciclistas no planejamento urbano das cidades. A concentração da Pedalada Pelada começa às 18h na pista de skate da Trindade, em frente ao shopping Iguatemi. Às 19h começa o passeio pelas ruas de Florianópolis.

Veja aqui no site do DC e aqui em PDF.

Na mesma edição, apareceu a charge do Armandinho, do cartunista Alexandre Beck, na pág. 6 do caderno Variedades (veja em PDF).

Florianópolis teve sua quarta Vaga Viva nesta sexta-feira

Neste dia 11/11/11, o Coletivo Sem Fronteiras realizou uma intervenção urbana nem um pouco apocalíptica. Buscando chamar a atenção para o uso do espaço público, promovendo espanto e reflexão sobre o aproveitamento da cidade pelas pessoas, o grupo ocupou dois estacionamentos de Zona Azul para criar a quarta Vaga Viva de Florianópolis. As primeiras ocorreram em 2008, em Coqueiros – onde se propunha a construção de ciclovia que ainda não saiu por parte dos restaurantes reclamarem que perderiam vagas de estacionamento, embora estivesse na campanha eleitoral da atual gestão municipal a sua conclusão – e no Centro, e em 2009, no Centro.

Para saber mais sobre esta última Vaga Viva, leia no site do Coletivo Sem Fronteiras aqui.

Já o texto abaixo foi publicado no blogue do Visor, de Rafael Martini, em 11 de novembro de 2011, às 15h16. Você pode lê-lo no blogue aqui ou, ainda, ler a matéria publicada na edição do periódico Diário Catarinense de 12 de novembro aqui (veja em PDF).

Protesto transforma Zona Azul
em “Zona Verde”

Um grupo de amigos resolveu realizar uma manifestação pacífica e muito criativa no Centro de Floripa, hoje pela manhã. Os jovens ocuparam duas vagas do estacionamento Zona Azul na Rua Adolfo Melo (ao lado do Ceisa Center) e forraram com tapete tipo grama sintética, colocaram bancos de praça e ficaram por ali sentados, com suas bicicletas, skate, patinete, rollers e até uma prancha de surfe. A ideia era transformar a Zona Azul em “Zona Verde” ou “Zona na Grama”, brincaram. Eles disseram que iriam sair somente no meio da tarde desta sexta. Várias pessoas pararam para conversar e até os incentivaram para repetir a manifestação em uma área mais central.

Veja também:

O retorno da Bicicletada em Florianópolis – Matéria sobre a retomada da Bicicletada de Florianópolis, onde são apresentados os contextos das duas primeiras Vagas Vivas.
Vaga Viva Floripa 2008 – Vídeo da ViaCiclo sobre a segunda Vaga Viva.
Programe-se: Dia Mundial Sem Carros – Viva o Dia! – Contexto em que ocorreu a terceira Vaga Viva.

%d blogueiros gostam disto: