Ciclistas pretendem avaliar efeito de ciclovia na Lagoa da Conceição

Ciclistas de Florianópolis pretendem realizar pesquisas para avaliar o efeito da implantação da ciclovia na R. Ver. Osni Ortiga, na Lagoa da Conceição. Eles pretendem verificar qual efeito essa ciclovia terá para o fluxo de ciclistas na região.

Mesmo sendo uma obrigação do poder público, nem o Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) nem a Secretaria Municipal de Obras sabem ao certo quantas pessoas passam pela R. Ver. Osni Ortiga e nem de que forma elas se deslocam por lá. Nos estudos técnicos feitos a partir de 2009 para o projeto da revitalização da rua, incluindo passeio, ciclovia, deques e iluminação, nenhum deles levou em conta a distribuição das formas de deslocamento na rua e muito menos uma projeção de como a obra influenciará na mobilidade urbana das pessoas.

Para definição de metodologias de avaliação, ciclistas de Florianópolis irão se encontrar hoje, 10 de julho, na sede da Associação de Moradores do Porto da Lagoa (AMPOLA), na R. Laurindo Januário da Silveira nº5500, a partir das 20h.

:: Confirme sua presença pelo Facebook

Florianopolis 2013-07-10 Pesquisa Osni Ortiga

De acordo com a Pesquisa “Transporte por bicicleta em cidades catarinenses: metodologia para levantamento da realidade e recomendações para incremento da sua participação na mobilidade urbana” passam, em média, 0,66 bicicleta por minuto no centrinho da Lagoa da Conceição, correspondendo a um total de 2,69% dos deslocamentos, sendo a quarta maior percentagem dentre os dez bairros avaliados em Florianópolis. Os dados são referentes ao ano de 2010 e a pesquisa foi feita pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), campus de Joinville, e pela Associação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis (ViaCiclo).

Saiba mais:

Começarão as obras da ciclovia na Lagoa da Conceição!

Começarão as obras da ciclovia na Lagoa da Conceição!

Passeio ciclístico acontecerá após assinatura da ordem de serviço da primeira fase da obra, que deve terminar em 120 dias.

Primeira fase do projeto está licitada. Foto: Arquivo/PMF.

Primeira fase do projeto está licitada. Foto: Arquivo/PMF.

Neste sábado, dia 29 de junho, a Secretaria Municipal de Obras pretende dar início à primeira fase da ciclovia da Rua Vereador Osni Ortiga, uma das principais vias de acesso à Lagoa da Conceição. De posse da licença ambiental e agora com a autorização do Patrimônio da União, a obra, orçada em R$ 4,5 milhões, começa a virar realidade. Esta fase de implantação dos trabalhos deve levar aproximadamente 120 dias para conclusão.

O projeto contempla 2,8 quilômetros de ciclovia e passeio, que serão feitos no lado direito da rua no sentido Lagoa – Rio Tavares. A ciclovia terá 2,40 metros de largura e o passeio, dois metros. Eles serão separados da pista para carros por um canteiro de 0,60 metro. As vias vão iniciar a 630 metros da Avenida das Rendeiras, no ponto em que a Rua Osni Ortiga começa a margear a Lagoa da Conceição, e seguirão até o entroncamento da Rua Laurindo Januário da Silveira, no Porto da Lagoa. As pistas das vias serão de blocos de concreto tipo paver.

Ciclovia será construída por quase 3km na Rua Vereador Osni Ortiga. Foto: Edu Cavalcanti / Agencia RBS.

Ciclovia será construída por quase 3km na Rua Vereador Osni Ortiga. Foto: Edu Cavalcanti / Agencia RBS.

Na avaliação do secretário de Obras João Amin, “esta primeira fase das obras da ciclovia – muro e aterro – começa a se materializar com o apoio do deputado estadual Edison Andrino, que através de emenda junto ao governo do Estado conseguiu recursos iniciais da ordem de mais de um milhão de reais.” Ainda segundo Amin, “já contratamos um Programa de Monitoramento Ambiental para assegurar que a região não sofra danos e a segunda fase da ciclovia entra agora em processo de licitação”.

Ciclovia é uma antiga reivindicação de moradores do Porto da Lagoa. Foto: Marco Santiago / ND.

Ciclovia é uma antiga reivindicação de moradores do Porto da Lagoa. Foto: Marco Santiago / ND.

Vanessa Trindade, moradora da Osni Ortiga e ciclista, considera o início das obras muito importante. “Tenho bicicleta em casa, mas não ando porque acho perigoso. A ciclovia é um desejo antigo dos moradores”, comemora.

Pedestres e ciclistas, moradores da região, planejam se reunir em um ato, que inclui caminhada pela Rua Vereador Osni Ortiga, começando às 15h e, em seguida, acompanhar a assinatura da ordem de serviço, prevista para as 15h30. Como é uma promessa antiga que está sendo cumprida, a intenção é demonstrar apoio e exigir que a ciclovia seja adequada.

Moradores usam a Turma da Mônica para mostrar como deve ficar ciclovia na Lagoa da Conceição. Imagem: Movimento Ciclovia na Lagoa Já.

Moradores usam a Turma da Mônica para mostrar como deve ficar ciclovia na Lagoa da Conceição. Imagem: Movimento Ciclovia na Lagoa Já.

O biólogo Daniel Araújo faz parte da organização do ato e é um dos criadores do “Movimento Ciclovia na Lagoa já” em parceria com a Associação de Moradores do Porto da Lagoa (Ampola). Ele conta que a construção desta ciclovia, acompanhada de passeio, é imprescindível para a segurança: “Nesta via os motorizados transitam em alta velocidade, causando risco de morte aos usuários e afastando as pessoas, a ciclovia vai proporcionar mais mobilidade urbana, com segurança, e atrair usuários, trazendo mais saúde para a cidade”.

Florianopolis 2013-06-29 Lagoa da Conceicao

Fontes: Prefeitura Municipal de Florianópolis (20 de junho de 2013), Jornal Notícias do Dia (28 de junho de 2013, 20h22) e Diário Catarinense (28 de junho de 2013, 19h24).

Saiba mais:

Quatro meses
Prefeitura de Florianópolis mente sobre construção de ciclovia na Lagoa da Conceição e moradores e ciclistas protestam
O desafio de se pedalar no Porto da Lagoa

Ciclistas cobram (mais uma vez) ciclovia na Lagoa da Conceição

A quarta edição de 2012 da Bicicletada da Lagoa da Conceição, que acontecerá neste sábado, às 15h, na Praça Bento Silvério, traz à tona, mais uma vez, a reivindicação da comunidade pela revitalização da R. Ver. Osni Ortiga! A pedalada será em ritmo leve, com intervenções urbanas que prometem alegrar a vida de quem pedala cotidianamente pela região. Pessoas de qualquer idade podem participar.

 Confirme sua presença  no Facebook

Crononologia

Prometida desde 2009, quando a Associação dos Moradores do Porto da Lagoa, juntamente com a Associação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis e a Bicicletada Floripa, criaram o Movimento Ciclovia na Lagoa Já, a implantação de calçadas, iluminação, arborização, locais de descanso e ciclovia na principal rua do Porto da Lagoa foi apoiada por todos os vereadores em audiência pública em meados do mesmo ano. Meses depois, o projeto executivo encontrava-se pronto.

Entretanto, apenas em setembro de 2011, foi entregue, com atraso, o Relatório Ambiental Prévio, possibilitando concluir o licenciamento ambiental. Isso permitiu a aprovação, em dezembro, de verba para a revitalização da Osni Ortiga pelo Ministério das Cidades, do governo federal.

Em março deste ano, finalmente foi assinada pelo prefeito municipal a autorização para dar prosseguimento às obras, tendo sido lançada, em seguida, a licitação para a primeira fase, ao custo de quase R$ 1 milhão. Nessa fase ainda não está prevista a construção da ciclovia. A revitalização toda deve custar em torno de R$ 3,5 milhões, menos do que todas as grandes obras feitas recentemente na cidade, que se mostraram fracassos retumbantes, como os Elevado do Trevo da Seta e do Rita Maria.

Nesta sexta-feira, o secretário municipal de Obras, Luis Américo Medeiros, afirmou que em 15 dias começam as obras, que devem durar 120 dias.

Enquanto isso, três anos depois, as pessoas ainda encontram-se inseguras para pedalar ou caminhar à beira de um dos principais cartões postais catarinenses.

Após três meses de assinatura das obras, Bicicletada cobra ciclovia na Lagoa da Conceição

Este sábado os moradores da Lagoa da Conceição farão mais um protesto cobrando a ciclovia na R. Ver. Osni Ortiga, no Porto da Lagoa. Desde 2009 os moradores da região realizam Bicicletada na região.

A pedalada deste sábado é aberta a pessoas de todas as idades e sairá da Praça Bento Silvério, no centrinho da Lagoa, às 15h30.

Confirme sua presença no Facebook

Arte: Mauricio Costa

Veja abaixo o release:

3ª BICICLETADA DA LAGOA (Junho)

Exigindo a chegada da CICLOVIA DA OSNI EM 2012

O prefeito da cidade assinou a obra em MARÇO.

Após as duas primeiras edições da BICICLETADA DA LAGOA, os jornais de bairro estamparam matérias e artigos sobre o tema, dizendo, inclusive, que este ou aquele político conseguiram as verbas etc.

A RBS, apesar dos contatos com colunistas e repórteres, ainda não fez uma cobertura jornalística com seus veículos sobre o assunto. Onde está o apoio do Projeto da RBS “Floripa te Quero Bem”?

As Verbas Federal, Estadual e Municipal e a Licença Ambiental foram realmente LIBERADAS.

Entretanto, com as eleições de outubro chegando, o prazo para começarem as obras antes das eleições está terminando. Queremos ver a ciclovia sair do papel!!!

Você não se cansa de ver a LAGOA DA CONCEIÇÃO suja, o bairro ameaçado pela ESPECULAÇÃO imobiliária, o TRÂNSITO crescente e um URBANISMO sem planejamento?

Você, que pedala, corre, caminha na OSNI ORTIGA, não acha absolutamente inacreditável como se demora 10 anos pra fazer uma obra simples e necessária como uma CICLOVIA NA LAGOA?

E o que VOCÊ FAZ por sua Lagoa da Conceição? Vai se fechar nas GRADES do condomínio e ficar reclamando o resto da vida? Que bairro vamos deixar para os nossos filhos?

Vamos para a AÇÃO, a Lagoa é de quem mora aqui e temos que colaborar pelo seu FUTURO.

Democracia não acaba no voto, se constrói nas ruas, cobrando as autoridades com todas a ferramentas que temos em tempos de internet, redes sociais etc.

*******CICLOVIA DA OSNI ORTIGA EM 2012******

Promovido por:
Bicicletada Floripa
https://www.facebook.com/groups/bicicletada.floripa/

Floripa Quer Mais
https://www.facebook.com/FloripaQuerMais

Movimento Ciclovia na Lagoa Já
http://movimentociclovianalagoaja.blogspot.com/

Ampola – Associação dos Moradores do Porto da Lagoa
http://ampolanarede.blogspot.com/

Caminhos do Sertão
http://www.caminhosdosertao.com.br/

Projeto Musicália Brasuca
https://www.facebook.com/brasucalia

ViaCicloAssociação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis
http://www.viaciclo.org.br

*************************************

Vamos PEDALAR calmamente celebrando (e cobrando):

– A LIBERDADE de um passeio de bicicleta…
- A ALEGRIA de ver as famílias passeando com segurança nesta praça pública em forma de ciclovia!
- A BELEZA de uma vida comunitária sem muros, ao ar livre.
- A NATUREZA, a SAÚDE, O AMOR a VIDA e o futuro SUSTENTÁVEL de nossa bela LAGOA DA CONCEIÇÃO :)

Porque uma CICLOVIA BEM FEITA é uma PRAÇA PÚBLICA em forma de CORREDOR.

Bicicletada na Lagoa da Conceição comemorará ciclovia na região

A Lagoa da Conceição terá, neste sábado, com concentração a partir das 14h30, na Praça Bento Silvério, mais uma Bicicletada em sua região. Desta vez, os motivos são festivos! Em 21 de março, às vésperas do aniversário de Florianópolis, o prefeito municipal assinou autorização para a licitação da revitalização da R. Ver. Osni Ortiga, que contará com calçadas, ciclovia, iluminação, deques e mobiliário urbano, tornando-se um espaço público aprazível e seguro para os moradores da localidade do Porto da Lagoa.

A ciclovia na Lagoa da Conceição, na R. Ver. Osni Ortiga, é uma reivindicação de cerca de 15 anos, mas ganhou força a partir de debate realizado em 12 de março de 2009, que deu origem às Bicicletadas da Lagoa e ao Movimento Ciclovia na Lagoa Já.

Em 13 de junho daquele mesmo ano, houve a primeira audiência pública, contando com quase a totalidade dos vereadores da Câmara Municipal, que se manifestaram unânimes em prol de ciclovia no local. Uma das reivindicações urgentes dos moradores foi a colocação de redutores de velocidade, possibilitando maior segurança dos ciclistas enquanto a ciclovia não ficasse pronta. Nenhum redutor foi instalado e a colocação de tachões prejudicou ainda mais a vida de quem pedalava pela região. Felizmente, nenhum ciclista faleceu nesse período, mas logo de cara os tachões se mostraram ruins ao tráfego de bicicleta e acidentes foram registrados no trecho.

Após reiteradas e contínuas manifestações da sociedade civil, indignadas com a demora para a entrega do simples Relatório Ambiental Preliminar (RAP) pela Secretaria Municipal de Obras, a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA) assinou em 5 de março de 2012 a Licença Ambiental Prévia (LAP) para a revitalização da R. Ver. Osni Ortiga, após garantia de verbas da União, via Ministério das Cidades, em dezembro de 2011.

Memória

A luta pela ciclovia na Lagoa já é antiga. Em 2002, conforme o cartaz abaixo, já era possível notar os mesmos anseios de hoje.

Atividades

A saída da Bicicletada será a partir das 15h. Em caso de chuva, ela permanece confirmada. Terá ritmo leve, com cerca de 10km e 1h de duração, perfeito para se levar a família.

Atividades artísticas, como a pintura de famoso muro da R. Ver. Osni Ortiga por um novo coletivo de artistas está prevista para acontecer às 16h.

Confirme sua presença no Facebook!

Rio Tavares ganhará ciclovia! Projeto executivo será elaborado neste mês.

A reportagem abaixo foi originalmente publicada na edição on line do periódico Diário Catarinense em 02 de fevereiro de 2012 (às 22h06). Você pode vê-la no site do DC aqui.

Trânsito na Capital

Semáforos na SC-405, em Florianópolis, começam a funcionar no domingo

Controle será feito manualmente pelos policiais

A segunda rodovia mais movimentada de Santa Catarina e a primeira com pista reversível poderá ficar mais segura este ano. Nesta semana, o secretário de Infraestrutura do Estado, Valdir Cobalchini, anunciou que irá resolver dois entraves da terceira pista da SC-405, no Sul da Ilha, em Florianópolis, até o final de 2012. A previsão é de que as obras iniciem logo após a temporada de verão.

O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) também promete ligar os semáforos de reversão da pista até domingo. Os problemas encontrados ao longo do trecho de 2,4 quilômetros da rodovia foram enumerados há 20 dias em uma reportagem do DC.

Segundo Cobalchini, o projeto de execução será elaborado neste mês e prevê a construção de uma ciclovia e calçada com 2,5 metros de largura do lado direito da terceira pista (no sentido praia-Centro) com uma extensão de 2,4 quilômetros.

A medida irá solucionar o conflito existente entre pedestres e veículos e pode aumentar a segurança dos moradores que circulam a pé e de bicicleta. O segundo problema, que o secretário promete resolver este ano, é a distância de 400 metros entre as faixas de pedestre. Ele garante que serão construídas faixas com lombadas ao longo da via.

O novo modelo é uma espécie de lombada que fica acima do nível normal da rua sinalizada com pintura em solo que permite a travessia mais segura de pedestres já que os veículos precisam diminuir a velocidade ao passar por elas.

O secretário de Infraestrutura diz que depois do Carnaval irá se reunir com os engenheiros responsáveis pelo projeto para definir quantas serão construídas e onde elas estarão posicionadas na pista.

— Estas medidas são emergenciais, os outros problemas tentaremos resolver ao longo do ano junto à Polícia Rodoviária Estadual — diz.

Cobalchini se refere à falta de retornos na rodovia e a possibilidade de diminuir a velocidade permitida de 60km/h para 40km/h. Para estes, não há previsão de início das obras.

A previsão é de que as obras iniciem logo após a temporada de verão. Foto: Fernando Salazar / Especial / Agencia RBS.

As melhorias atendem à reivindicação dos moradores que formaram a Comissão Pró-Segurança da SC-405. Entre os pedidos estão as faixas com lombadas, a redução da velocidade na via e os retornos.

— Na segunda-feira, vamos percorrer todo o trecho da rodovia para ajudar a definir qual espaço que será destinado aos pedestres e aos ciclistas. Esperamos que os demais problemas ganhem soluções — diz Anselmo Döll, integrante da comissão.

Outro problema que ganhou um prazo para solução é o funcionamento dos cinco semáforos (que indicam o sentido do fluxo de veículos). Eles permanecem desligados desde o dia da inauguração, em dezembro do ano passado. De acordo com o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), a empresa responsável pelo serviço deve instalar as baterias nos aparelhos até domingo, quando eles passam a funcionar. Hoje, a reversão do tráfego é feita manualmente por quatro policiais rodoviários estaduais

A SC-405 é considerada pelos moradores da região como “rodovia perigo”. O trecho está sem acostamento, sem calçadas, sem ciclovia e sem retorno. O fluxo de veículos atinge até 40 mil/dia na temporada de verão em uma localidade que concentra mais de 4 mil moradores e um intenso movimento de comércio.

Os sete nós da SC-405

1 – Pedestres em conflito com os veículos

Solução para 2012: hoje há uma faixa de pedestre a cada 400 metros. Com a distância muitos pedestres se arriscam atravessando a rodovia em meio aos veículos. Por isso, serão instaladas faixas com lombadas. Com elas, os motoristas se obrigam a diminuir a velocidade e os pedestres cruzam a via com mais segurança.

2 – Na teoria é rodovia, na prática é uma avenida

Solução para 2012: para o trecho se tornar mais humanizado e seguro a rodovia precisa receber calçadas e ciclovias. Elas deverão ser concluídas ainda este ano.

3 – Semáforos sem bateria e sem controle remoto

Solução prevista para domingo, 5: os cinco pórticos com semáforos ainda não funcionam. Mas o Deinfra promete que eles voltam a funcionar no domingo.

4 – Sem possibilidade de retorno ao longo do trecho

Solução prevista, mas sem prazo: o secretário de Infraestrutura diz que a intenção é fazer um retorno no meio do trecho, mas ainda não sabe informar como e quando ele será feito.

5 – Falta de espaço

Sem solução prevista: o Departamento Estadual de Infraestrutura afirma que para a melhoria do fluxo de veículos na região o ideal é duplicar a rodovia. Para isso, seria necessário desapropriar 70% do comércio local o governo, até o momento, não tem intenção de iniciar esta desapropriação.

6 – Sem horário fixo para reversão

Sem solução prevista: o projeto da pista reversível previa que a mudança do sentido ocorreria duas vezes ao dia, sempre às 6h e às 15h.

Mas, como o fluxo durante a temporada de verão é variável, até março não há um horário fixo. Quatro policiais militares continuam no local para orientar o trânsito.

7 – Uma obra provisória

Sem solução prevista: a terceira pista da SC -405 sozinha não elimina os congestionamentos na região. Ela ainda depende da duplicação dos 11km da SC-401 Sul (Diomício Freitas). O edital deve ser lançado até fevereiro e a entrega das obras é para o final de 2014.

Aline Rebequi

Saiba mais:

(Vídeo) Pedestres têm dificuldade no Rio Tavares 

Comissão Pró-Segurança da SC-405 reune-se nesta terça-feira com o governo do estado 

Rio Tavares: comissão de moradores e ciclistas reune-se nesta segunda 

Nova pista no Rio Tavares trouxe riscos a ciclistas e pedestres em Florianópolis

Rio Tavares: Calçadas e ciclovias, só depois do verão

Reunião para discutir ciclovia na SC-405

(Vídeo) Ciclistas protestam na inauguração da SC-405 no Rio Tavares, em Florianópolis

Rio Tavares: ciclistas protestam por ciclovia

Rio Tavares: pedestres protestam. Deinfra diz que prioridade é para os carros.

Ciclistas de Florianópolis, Itapema e Porto Alegre inconformados

Rio Tavares: obras começam sem ciclovia

Veja também:

Bicicletada dupla em Florianópolis – Em prol dos ciclousuários do Rio Tavares

Pesquisa sobre mobilidade urbana mostra que Santa Catarina está longe de enfrentar o problema com seriedade

Setembro, mês da mobilidade

Comissão Pró-Segurança da SC-405 reúne-se nesta terça-feira com o governo do estado

Está marcada para esta terça-feira, dia 24 de janeiro, na Secretaria de Estado de Infraestrutura de Santa Catarina, no Edifício das Diretorias, R. Tenente Silveira nº162, em Florianópolis, às 17h, a reunião entre a comissão de ciclistas e moradores da região do Rio Tavares e os técnicos do Departamento de Infraestrutura (Deinfra) para discutir as melhorias nas obras de ampliação da SC-405, inaugurada incompleta.

A Comissão Pró-Segurança da SC-405, formada por associações de moradores e conselhos comunitários dos bairros Fazenda do Rio Tavares, Cachoeira do Rio Tavares, Rio Tavares e Porto da Lagoa, além de ciclistas da ONG ViaCiclo, Bicicletada Floripa, Pró-Bici e Associação Ecochannel vai propor as soluções abaixo:

- Reinstalação das faixas de pedestres nos locais compreendidos entre o Trevo da Seta e a ponte sobre o rio Tavares, que foram retiradas mas nem todas recolocadas;
Lombofaixas, de maneira que as faixas de pedestres fiquem ao nível do passeio, proporcionando medidas de acalmia de tráfego (traffic calming) que permitam a travessia segura de pedestres e portadores de necessidades especiais;
– Lombofaixa na região do Trevo do Rio Tavares, de modo a possibilitar a clara preferência do pedestre na travessia;
Redução da velocidade máxima permitida para 40km/h (por sinal, maior do que a velocidade média dos automóveis na cidade);
– Três retornos ao longo do trecho, sendo um a manutenção da rótula no Trevo do Rio Tavares, um sob o Trevo da Seta, em mão inglesa, e um na altura da saída dos ônibus da empresa Insular (ex-Ribeironense), desonerando os ônibus de fazerem trajetos maiores e possibilitando retorno próximo à metade do trecho em questão;
Calçadas;
Ciclovia – e não ciclofaixa – em toda a extensão do bairro, com o projeto tendo que ser aprovado pela Bicicletada Floripa, ViaCiclo e Pró-Bici;
Iluminação, inclusive próximo a todos os pontos de paradas do transporte coletivo.

A Secretaria de Transportes, Mobilidade e Terminais de Florianópolis confirmou presença na reunião para discutir questões relativas ao transporte coletivo, em especial a recolocação dos abrigos, mas quiçá também a proposta de que a terceira pista seja utilizada unicamente para o transporte coletivo, como também almejam os cerca de 70 mil moradores do sul da Ilha de Santa Catarina.

Saiba mais:

Rio Tavares: comissão de moradores e ciclistas reune-se nesta segunda 

Nova pista no Rio Tavares trouxe riscos a ciclistas e pedestres em Florianópolis

Rio Tavares: Calçadas e ciclovias, só depois do verão

Reunião para discutir ciclovia na SC-405

(Vídeo) Ciclistas protestam na inauguração da SC-405 no Rio Tavares, em Florianópolis

Rio Tavares: ciclistas protestam por ciclovia

Rio Tavares: pedestres protestam. Deinfra diz que prioridade é para os carros.

Ciclistas de Florianópolis, Itapema e Porto Alegre inconformados

Rio Tavares: obras começam sem ciclovia

Veja também:

Bicicletada dupla em Florianópolis – Em prol dos ciclousuários do Rio Tavares

Pesquisa sobre mobilidade urbana mostra que Santa Catarina está longe de enfrentar o problema com seriedade

Setembro, mês da mobilidade

Rio Tavares: comissão de moradores e ciclistas reúne-se nesta segunda

A reunião entre moradores e técnicos do DEINFRA e da Secretaria de Estado de Infraestrutura que ocorreu no dia 4 de janeiro deu origem a duas comissões para solucionar os conflitos na reigão.

A comissão de moradores e ciclistas tem como componentes representantes das associações de moradores do Rio Tavares, Fazenda do Rio Tavares, Cachoeira do Rio Tavares e Porto da Lagoa, além de ciclistas da Bicicletada Floripa, da ONG ViaCiclo e da comissão municipal Pró-Bici. A reunião deles vai ocorrer nesta segunda-feira, 9 de janeiro, às 20h, no Conselho Comunitário da Fazenda do Rio Tavares, próximo ao Terminal de Integração do Rio Tavares (TIRIO). Em reunião anterior que contava com esses mesmos membros foi elaborado um documento, já encaminhado à Secretaria de Estado de Infraestrutura, com assinatura de cerca de 450 moradores, com as solicitações abaixo:

 – Quatro retornos ao longo da Comunidade da Cachoeira do Rio Tavares [onde ocorreu a obra de ampliação da SC-405]
– As marquises dos pontos de ônibus

– Calçadas e acostamento adequados para que todos possam ter acesso
– Ciclovia
– Lombada eletrônica
– Sinalização

A reunião entre os técnicos ainda não possui data marcada, bem como não há previsão de nova reunião envolvendo os técnicos e a comunidade.

Saiba mais:

Nova pista no Rio Tavares trouxe riscos a ciclistas e pedestres em Florianópolis
Rio Tavares: Calçadas e ciclovias, só depois do verão
Reunião para discutir ciclovia na SC-405
(Vídeo) Ciclistas protestam na inauguração da SC-405 no Rio Tavares, em Florianópolis
Rio Tavares: ciclistas protestam por ciclovia
Rio Tavares: pedestres protestam. Deinfra diz que prioridade é para os carros.
Ciclistas de Florianópolis, Itapema e Porto Alegre inconformados
Rio Tavares: obras começam sem ciclovia

Veja também:

Bicicletada dupla em Florianópolis – Em prol dos ciclousuários do Rio Tavares
Pesquisa sobre mobilidade urbana mostra que Santa Catarina está longe de enfrentar o problema com seriedade
Setembro, mês da mobilidade

Ganhadores do concurso de desenho sobre ciclovia na Lagoa serão conhecidos na Bicicletada

Já é tradicional. Em todo segundo sábado de cada mês a cena se repete: as bicicletas tomam conta da R. Ver. Osni Ortiga, no Porto da Lagoa. Essa cena tem sido comum nos últimos tempo. Afinal, em abril completou um ano desde que a população foi às ruas, num passeio ciclístico que reuniu cerca de 150 pessoas, mostrando a necessidade e a urgência em se construir infraestrutura cicloviária na região. Nessa época também foi criado o Movimento Ciclovia na Lagoa Já, que tem fiscalizado e pressionado continuamente o poder público, e já conta com participações em diversas reuniões e audiências.

Nos últimos meses, foi lançado um concurso de desenho em que o vencedor ganharia uma bicicleta Houston full suspension. Um total de 40 desenhos, feitos por crianças de até 14 anos, retratando a futura ciclovia da Lagoa da Conceição e temas correlatos, foram recebidos pela organização do concurso, que os utilizará na confecção de futuras chamadas para passeios ciclísticos.

Durante este sábado, 10 de abril, enquanto ocorrerá a Bicicletada da Lagoa, uma comissão julgadora independente avaliará os desenhos. Ao final do passeio, que começará às 15h em ponto na sede da AMPOLA (Associação de Moradores do Porto da Lagoa), na Rua Laurindo Januário da Silveira 5500, serão conhecidos os vencedores.

Mas ganhadores mesmos serão todos os moradores da comunidade. A ciclovia na Lagoa vai sair e deve ser concluída ainda este ano. Venha participar desta festa e comemore com eles!

Saiba mais:

Para não esquecer – Ciclovia na Lagoa da Conceição é urgente

Para não esquecer – Ciclovia na Lagoa da Conceição é urgente

A reportagem abaixo foi originalmente publicada no Jornal da Lagoa, na segunda quizena do mês de agosto de 2009. Você pode conferir a reportagem em .png aqui.

Ciclovia é urgente

Movimento. A ciclovia pode ser uma possibilidade de via para transporte

O Movimento Ciclovia da Lagoa Já é o resultado de 12 anos de organização dos moradores do Porto da Lagoa através da AMPOLA (Associação dos Moradores do Porto da Lagoa), pela construção de ciclovias ao redor da orla da Lagoa da Conceição, em especial na Rua Osni Ortiga. Os responsáveis pela direção do movimento são Gilson Ruiz, Luis Amilton Moura Ferro e Daniel Costa.

A Avenida Osni Ortiga, na Lagoa da Conceição, vai ganhar ciclovia e passeios para pedestres. As obras de revitalização devem custar cerca de R$ 1 milhão e o projeto nal será apresentado para os moradores da Capital no dia 5 de setembro.

A ciclovia Rota 9 terá uma extensão de 3,2 quilômetros, sendo dois de vias exclusivas para bicicletas e 1,2 quilômetro de via compartilhada de baixa velocidade. A faixa vai ligar a Avenida das Rendeiras, principal acesso às praias do Leste de Florianópolis, ao Rio Tavares, na região Sul.

O Poder público decide construção

O vice-prefeito e secretário de Transportes, Mobilidade e Terminais, João Batista Nunes, e o secretário de Obras, José Nilton Alexandre, reuniram-se com representantes comunitários da região da Lagoa da Conceição para discutir a obra de revitalização da avenida Osni Ortiga. O encontro aconteceu no gabinete do vice e contou ainda com a presença do vereador Renato Geske (PR) e técnicos do IPUF (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis), órgão responsável pela elaboração do projeto final.

Segundo Gilson Ruiz, ainda não foi decidido nada na audiência de 5 de agosto. “A verba já esteve programada no orçamento, mas na hora da execução é direcionada para outras necessidades. A Ampola já entregou abaixo assinado e uma cópia do anteprojeto nas mãos do prefeito”, diz o militante.

União. Bicicletada já é tradicional. Foto: Jonatha Junge/Divulgação/JL.

O projeto para construção da ciclovia já existe há 15 anos e não é isolado. A Lagoa da Conceição é o segundo cartão postal de Florianópolis, cando atrás somente da ponte Hercílio Luz. O bairro não tem um passeio decente, com iluminação ou segurança na orla.

A ciclovia pode ser um meio de transporte. A Lagoa é um centro comercial, com mão-de-obra, estudantes, escolas. O projeto da ciclovia vai além do lazer. Com a ciclovia é possível levar as crianças à escola. Os carros estão invadindo as ruas. Todo o planejamento da cidade está em função do carro, o programa Tapete Preto visa favorecer somente o carro. “É uma tentativa de inverter a visão, humanizando o transporte. Florianópolis tem potencial para construção de ciclovias, encher a capital de estradas não adianta nada”, diz Luiz Moura.

Para o movimento a luta é muito ampla. Quem anda de bicicleta pode usar para trabalhar ou para o lazer, passeio e não favorece nenhuma classe social. Até mesmo cadeirantes podem usar o espaço ou pais com seus
carrinhos de bebê.

Projeto prevê instalação de lombadas eletrônicas

Outra preocupação tratada no encontro foi a segurança e a velocidade dos veículos na avenida. De forma emergencial, a Secretaria dos Transportes se comprometeu a viabilizar a colocação de placas de trânsito estabelecendo 60 Km/h como velocidade máxima.

É preciso mobilizar a comunidade para pressionar as autoridades para que forneçam uma resposta. O movimento Ciclovia na Lagoa Já é apartidário, mas não é apolítico. Todo o segundo sábado de cada mês é realizado o bicicletaço. Dia 26 de setembro irá acontecer o passeio ciclístico da Primavera. Venha, participe!

Saiba mais:

Os avanços da ciclovia
Audiência Pública na Lagoa
Projeto da Ciclovia da Rua Osni Ortiga
Projeto da Ciclovia
Florianópolis implantará ciclovia na Lagoa
A reunião com os secretários da Prefeitura
A audiência pública na AMPOLA

Veja também:

Veja como foi o primeiro Passeio Ciclístico da Lagoa.

Relatos:

Bicicleta na Rua
Jornal da Lagoa
Jornal Notícias do Dia
Movimento Ciclovia na Lagoa Já

Fotos:

Ana Carolina Vivian
Caminhos do Sertão
Ciclista Fabiano

Vídeos:

Bicicleta na Rua
Daniel de A. Costa
Lagoa Virtual
Patrola – RBS TV/Globo

Problemática:

Bicicleta na Rua
Caminhos do Sertão
Jornal da Lagoa
Jornal Notícias do Dia
Movimento Ciclovia na Lagoa Já

Pedaladas deste final de semana

Em várias regiões de Florianópolis, este fim-de-semana será especialmente agradável para se pedalar. Ocorrerão vários passeios ciclísticos, sendo um no centro, um na Lagoa e um no Norte da Ilha. Fique atento à programação e junte-se ao pedal mais próximo de sua casa. É tudo gratuito!

Sábado, 12 de dezembro

Bicicletada da Lagoa da Conceição

Desde maio, todo segundo sábado de cada mês ocorre a Bicicletada da Lagoa da Conceição, que sai pontualmente às 15h da sede da Associação de Moradores do Porto da Lagoa, na R. Laurindo Januário da Silveira 5500. O ritmo do passeio é leve e foi uma forma de os moradores da região pressionarem o poder público para finalmente concretizar um sonho antigo: construir uma ciclovia na R. Ver. Osni Ortiga. Após audiências públicas e reuniões, ficou acertada a implementação de ciclovia e passeios na região. O prazo para sua conclusão é 2010. Enquanto isso, a comunidade relembra mensalmente da promessa e ainda se diverte pela belas paisagens que o local oferece.

Projeto Ecobike

Este projeto ainda é uma incógnita pela escassez de informações a respeito dele. Ele está sendo organizado pelo SBT Santa Catarina e pelo Instituto Mangue Vivo. A saída deve acontecer às 17h do Koxixo’s, na Av. Beira-Mar Norte.

Segue o release para maiores esclarecimentos:

O Verão é a estação do ano mais especial é aguardada. É nessa época que todos querem praticar esportes, estar ao ar livre e em contato com a natureza, principalmente porque é o momento que muitos dedicam-se às suas férias.

Para comemorar essa estação, estimular a prática de esportes e melhorar a qualidade de vida da população, o SBT Santa Catarina em parceria com o Instituto Mangue Vivo apresentam o Projeto: “ECOBIKE”.

Um evento diferenciado com o objetivo de reunir as famílias para se divertir e interagir com a cidade, em nome da “Mobilidade Urbana e da melhoria da qualidade de vida”.

O ECOBIKE em um passeio de Bicicleta com jeito de gincana, com tarefas e sorteio de brindes. Será no sábado, dia 12 de dezembro, a partir das  17 horas, com saída no estacionamento do Bar Kuxixos [tsc], na Av. Beira Mar e chegada ao mesmo ponto. Os participantes vão percorrer toda a extensão da avenida pela ciclovia.

O ECOBIKE terá o envolvimento de profissionais especializados para fazer do passeio uma experiência única. Serão técnicos, motoristas, agentes batedores do Diretran, locutores, enfermeiros e atendentes da ambulância de resgate e mecânicos de Bike-oficina para o conserto das Bicicletas.

No local de saída e chegada do passeio será organizado um circuito com pontos de paradas, e outros atrativos, garantindo uma ação voltada diretamente para a diversão e entretenimento das crianças.

Domingo, 13 de dezembro

Pedala Ingleses

Ingleses contará ainda este ano com mais um passeio ciclístico. O Pedala Ingleses é uma promoção da ACIF – Associação Comercial e Industrial de Florianópolis. Ele estava programado para ser realizado a algumas semanas atrás, mas só agora surge com força para agitar a comunidade.

O encontro será na EE Intendente José Fernandes, na Rod. João Gualberto Soares, às 9h. Grande parte do trajeto será feito pelas ciclovias da região e tradicionalmente os moradores de Ingleses comparecem em peso aos passeios ciclísticos pela região.

A programação pode ser encontrada aqui.

Bicicletada na Lagoa da Conceição para inspirar as crianças

Neste sábado irá ocorrer mais uma edição da Bicicletada da Lagoa da Conceição. Como ocorre desde abril deste ano, a Massa Crítica irá se concentrar a partir das 14h30min na sede da Associação de Moradores do Porto da Lagoa (AMPOLA), na Rua Laurindo Januário da Silveira 5500, ao lado da igrejinha do Porto da Lagoa, próximo à bifurcação com o Canto da Lagoa. O pedal lúdico-educativo sairá às 15h em percurso em ritmo leve pelas ruas do bairro. A Bicicletada ocorrerá independente das condições climáticas.

Floripa - Lagoa da Conceição 2009-11-14

Esta Bicicletada apresentará um diferencial: devem ser apresentadas as regras para o concurso de desenho do Movimento Ciclovia na Lagoa Já. Este concurso será voltado às crianças, que deverão expressar algo na linha de como a ciclovia vai beneficiar o bairro, qual a sua importância na vida das pessoas  e da comunidade e como ela pode contribuir para a sustentabilidade. O vencedor irá ganhar uma bicicleta Caloi Houston full suspension nova, que provavelmente será entregue durante a Bicicletada da Lagoa de dezembro.

Saiba mais:

Relato da Bicicletada da Lagoa de outubro – Por Daniel Costa

Passeio Ciclístico da Primavera na Lagoa

Ocorrerá neste sábado, 26 de setembro, na Lagoa da Conceição, o Passeio Ciclístico Primavera na Lagoa.

Parte integrante das atividades da semana do Dia Mundial Sem Carros e da Semana municipal da Bicicleta, a pedalada começará às 15h (concentração a partir das 14h30) na sede da AMPOLA (Associação de Moradores do Porto da Lagoa), na R. Laurindo Januário da Silveira 5500.

O passeio deverá contar com apoio da Guarda Municipal para melhor segurança dos participantes. Haverá sorteio de uma bicicleta e outros brindes.

Venha de bicicleta e traga seus amigos e sua família! Deixe o carro em casa e pedale por uma das regiões mais belas da Ilha!

CartazPasseio da Primavera

Lagoa da Conceição comemorará futura ciclovia com pedalada

Acontecerá neste sábado mais uma edição da Bicicletada Floripa na Lagoa da Conceição. Os participantes vão se concentrar na sede da Associação de Moradores do Porto da Lagoa (AMPOLA), situada à R. Laurindo Januário da Silveira 5500, a partir das 14h30. A saída para o pedal lúdico dar-se-á às 15h.

Este mês a região da Lagoa da Conceição terá diversos passeios ciclísticos. Integrando a Semana Nacional do Trânsito e a semana do Dia Mundial Sem Carro, a região contará com o Passeio Ciclístico Primavera na Lagoa, a ser realizado no dia 26 (sábado).

A Bicicletada deste mês fará uma alusão a este passeio, que simboliza a mudança de estação a trazer novos e melhores tempos à população da Lagoa. E as esperanças por eles foram renovadas. A prefeitura, em reunião com representantes locais, comprometeu-se a implantar ciclovia e calçada na região. Os ventos já estão mudando. Uma nova forma melhorar a mobilidade urbana está a caminho. Velhos paradigmas estão caindo e um novo, mais coerente com a qualidade de vida e promoção de igualdade social e cidadania está a se elevar. Comemoremos! E pedalemos!

CartazPasseio da Primavera

Pedala, Lagoa da Conceição!

A Bicicletada da Lagoa da Conceição do mês de agosto vai acontecer neste sábado, com saída da sede da Associação de Moradores do Porto da Lagoa (AMPOLA), na R. Laurindo Januário da Silveira nº 5500, às 15h.

A Bicicletada surgiu como uma proposta de pressão permanente dos moradores da região em defesa de melhores condições pela mobilidade por transporte ativo (bicicleta, patins, skate, caminhada) na região da Lagoa da Conceição, com ênfase na construção de passeio e ciclovia na R. Ver. Osni Ortiga, que a região tanto necessita, e é realizada todo segundo sábado de cada mês.

O percurso do pedal lúdico-educativo é definido na hora pelos participantes, mas pode ser feito por qualquer pessoa de qualquer idade ou porte físico. O limite físico é sempre respeitado. Portanto, traga seus amigos e venha festejar ao ar livre a nova conquista da Lagoa da Conceição.

Floripa - Lagoa da Conceição 2009-08-08

A Bicicletada ocorre sob qualquer condição climática, então fazendo um verão fora de época ou tendo chuva e Vento Sul, o pedal está automaticamente confirmado.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.765 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: